O Site do Hardware Livre - OSHW

Chama Cachorros (ART1632)

Animais podem ser facilmente condicionados através de sons. Mas, você pode surpreender seus amigos chamando seu cachorro com um aparelho que emite um sinal que só ele ouve. Você aperta um botão e seu cachorro vem correndo para lhe atender.

Muitos animais podem ouvir sons que estão acima de nossa capacidade de audição, ou seja, os ultrassons.

Estas vibrações que estão acima dos 18 kHz podem ser ouvidas pelos morcegos que as utilizam num sistema de orientação bastante eficiente, que é a base do nosso sonar, conforme mostra a figura 1.

 

   Figura 1 – Ultrassons usados pelos morcegos para detectar insetos e obstáculos
Figura 1 – Ultrassons usados pelos morcegos para detectar insetos e obstáculos

 

Mas, o interessante é que os cães também podem ouvir ultrassons, bem acima do limite da nossa audição.

Quantas vezes você viu seu cãozinho levantar as orelhas como se tivesse ouvido algo e você não ouviu nada.

Na verdade, ele pode ter escutado algum ruído na faixa dos ultrassons, além do seu limite de audição.

Você também sabe que é fácil condicionar seu animalzinho para atender a um assobio seu vindo correndo para perto.

Que tal, em lugar de um assobio audível usar um emissor ultrassônico que só ele pode ouvir.

Com isso você terá um verdadeiro “controle remoto” para seu cachorro, que certamente surpreenderá seus amigos: você aperta um botão, ninguém ouve ou vê nada, e seu cachorro vem correndo.

Esta é a idéia de nosso chama cachorro eletrônico.

Alimentado por pilhas ele pode emitir ultrassons que serão ouvido por seu animal a uma distância que pode chegar aos 100 metros.

 

Como Funciona

A base do circuito é um oscilador com três portas de um circuito integrado CMOS 4011, com a configuração mostrada na figura 2.

 

  Figura 2 – Oscilador com o 4011
Figura 2 – Oscilador com o 4011

 

Este circuito é modulado por um 555 de modo a produzir pulsos intermitentes de ultrassons, conforme mostra a figura 3.

 

   Figura 3 – Sinal produzido pelo aparelho
Figura 3 – Sinal produzido pelo aparelho

 

Estes sinais são aplicados a um transistor amplificador que tem em seu coletor um tweeter piezoelétrico.

Estes tweeters são baratos e têm um bom rendimento na faixa baixa dos ultrassons, como a que estamos utilizando em nosso projeto.

O circuito é alimentado por pilhas, 4 ou 6, devendo ser evitado o uso de bateria de 9 V dado seu alto consumo.

 

Montagem

Na figura 4 temos o diagrama completo do chama-cachorro ultrassônico.

 

  Figura 4 – Diagrama do aparelho
Figura 4 – Diagrama do aparelho

 

Sua montagem pode ser feita numa matriz de contacto se for experimental, ou numa placa com o mesmo padrão s for uma montagem definitiva.

Na figura 5 temos a disposição dos componentes para este tipo de montagem.

 

Figura 5 – Montagem em matriz de contatos
Figura 5 – Montagem em matriz de contatos

 

Na montagem, observe a posição dos circuitos integrados e do transistor além da polaridade do LED e dos capacitores eletrolíticos.

Os eletrolíticos são para 12 V ou mais e os resistores de 1/8 W com qualquer tolerância.

Para testar, basta apertar S1 e ajustar P1 para o ponto em que a emissão de bip se torna cada vez mais aguda e desaparece.

Verifique depois se seu cão percebe os sons e tente condicioná-lo dando alguma guloseima e apertando sucessivamente S1.

Outros animais que ouvem ultrassons podem ser condicionados.

Experimente com galinhas, patos, gansos, etc.

Na figura 6 temos uma sugestão de caixa plástica com o tweeter colado externamente.

 

   Figura 6 – Sugestão de montagem
Figura 6 – Sugestão de montagem

 

Também pode ser usados tweeter compactos que poderiam ser instalados no interior da caixa, que deve ter furos para sair o som.

 

CI-1 – 555 – circuito integrado

CI-2 – 4011 – circuito integrado CMOS

Q1 – BC558 – transistor PNP de uso geral

TW - tweeter piezoelétrico

S1 – Interruptor simples

B1 – 3 a 6 V – pilhas (para 9 V use o BD136)

R1, R2 – 47k ohms – resistores – amarelo, violeta, laranja

R3, R6 – 1 k ohms – resistor – marrom, preto, vermelho

R4, R5 – 10 k ohms – resistores – marrom, preto, laranja

C1- 1 a 4,7 nF – capacitor cerâmico

C2 – 10 nF – capacitor cerâmico

C3 – 1n8 – capacitor cerâmico

C4 – 100 uF – capacitor eletrolítico

P1 – 4k7 – trimpot

 

Diversos:

Placa de circuito impresso, suporte de pilhas, caixa para montagem, fios, solda, etc.

 

 

 

 

 

BUSCAR DATASHEET


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Opinião

Eventos e palestras pela frente (OP179)

Continuamos acelerando com nossas atividades participando de eventos, palestras e sempre colocando novas matérias no site. No próximo dia 12 estaremos embarcando para Natal, onde participaremos da Campus Party proferindo palestra. Também estaremos participando de eventos em São Carlos entre 7 e 11 de maio e para neste intervalos visitas e encontros importantes.

Leia mais...

Aliana
Em poltica internacional, a unio de dois ladres, com suas mos to profundamente mergulhadas nos bolsos um do outro, que no podem separadamente saquear um terceiro
Amborse Bierce (1842 1914) - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)