Projetando Circuitos Novos com Componentes Antigos (ART4112)

Nosso site abrange uma infinidade de tecnologias que usam desde os componentes mais antigos como válvulas, até componentes de tecnologias intermediárias como transistores discretos de todas épocas, circuitos integrados dos mais diversos tipos e gerações, até microcontroladores mais modernos. Jogando com a imaginação, o projetista não precisa obrigatoriamente criar um novo projeto usando apenas as novas tecnologias. Ele pode ir além misturando as tecnologias e com isso criar coisas totalmente novas. Neste artigo, exploramos este tema.

Um dos problemas maiores que nossos leitores encontram é obter componentes para seus projetos, montagens práticas de um novo produto ou para um TCC.

De fato, podemos importar componentes de tecnologias avançadas usando a Mouser (mouser.com), por exemplo, mas placas e componentes isolados não completam um projeto.

É preciso mais, precisamos de resistores, capacitores, diodos e eventualmente componentes de uma tecnologia não atual para complementar o projeto com Shields, interfaces e mesmo brakout boards.

Se bem que essas placas de Shields e breakouts possa também ser adquiridas prontas, nem sempre as encontramos com as características que necessitamos para nossos projetos.

 

 

Projetando Circuitos Novos com Componentes Antigos
Projetando Circuitos Novos com Componentes Antigos

 

 

Além disso, existe a questão do preço e a eventual necessidade de alterações para atender às necessidades de um projeto específico.

É preciso, nestes casos, montar separadamente o shield ou o circuito associado ao projeto numa matriz e depois numa placa e para isso precisamos contar com circuitos e componentes comuns.

Precisamos de um transistor, um resistor, um diodo e um capacitor, pelo menos, para acionar um relé a partir de um circuito lógico ou um microcontrolador e os valores dos componentes usados pode variar.

Em casos como este ter acesso a uma biblioteca de circuitos básicos com componentes comuns de diversas épocas e que, portanto, podem ser adquiridos ou mesmo encontrados na sucata, é muito importante.

Nosso site é uma verdadeira mina de circuitos e ideias para projetos avançados usando componentes de todas épocas que o leitor pode perfeitamente experimentar.

Um circuito simples com um acoplador óptico comum, um transistor de uso geral e um SCR pode perfeitamente Interfacear um projeto avançado com um microcontrolador controlando uma carga na rede de energia. Na figura 2 temos um exemplo de shield deste tipo.

 

Projetando Circuitos Novos com Componentes Antigos
Projetando Circuitos Novos com Componentes Antigos

 

 

É claro que numa aplicação profissional, esta configuração pode ser aperfeiçoada para usar componentes dedicados mais avançados, mas para efeito de teste ou apresentação de um trabalho, ela é ideal.

Enfim, navegando pelo nosso site, os leitores poderão encontrar um=a infinidade de circuitos que, usados diretamente ou com pequenas adaptações, poderão se transformar em aplicações ideais para seu projeto moderno.

Como sempre salientamos, em eletrônica a teoria na prática é diferente, e muito mais imaginação e improvisação em muitos casos são a solução para problemas complexos.

 

 


Opinião

Novos tempos (OP213)

O mundo mudou. Depois da pandemia e também da guerra na Ucrânia o mundo será outro. Estamos presenciando e percebendo isso. Já não somos mais os mesmos.

Leia mais...

Localizador de Datasheets e Componentes


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Podcast INCB Tecnologia