Fonte para recuperação de eletrolíticos (V038)

Escrito por Newton C Braga

O interessante circuito apresentado pode recuperar capacitores eletrolíticos de alta tensão, usados em equipamentos valvulados, que tenham ficado fora de uso por muito tempo. Trata-se de uma fonte progressiva que recupera as propriedades do eletrólito, se ele ainda tiver condições de uso.

A idéia é ligar um capacitor com problemas inicialmente na saída de 50 V e deixá-lo de 10 a 15 minutos. Depois, passamos para a saída seguinte e o deixamos mais 10 a 15 minutos. Se o capacitor ainda não for recuperado ao chegar na última saída tentamos novamente o processo.

Para a rede de 110 V pode ser usado um auto-transformador. O resistor de 220 ohms é de 10 W de dissipação (fio). O reator de 15 H pode ser substituído por um resistor de fio de 1k x 10 W. O diodo de selênio pode ser substituído por um 1N4007.

O resistor de fio de 20 k ohms com tomadas pode ser substituído por 4 resistores de 4k7 x 5 W em série. Na figura 1 temos o diagrama completo do recuperador de capacitores..

Figura 1 - Diagrama completo da fonte para recuperação de eletrolíticos.

 

Este circuito só deve ser usado com capacitores de 250 V ou mais de tensão de trabalho. Para outros tipos, vá apenas até a tensão que ele suporta.