O Site do Hardware Livre - OSHW

Transmissor de FM Valvulado (V616)

Utilizando uma válvula apenas, este transmissor tem uma potência de alguns watts, o que significa um grande alcance quando usada uma antena externa. Alertamos, entretanto, os leitores para as restrições legais que regem a operação deste tipo de transmissor.

O transmissor apresentado utiliza uma única válvula 6C4 que é o componente crítico na montagem.

Até mesmo o transformador de força foi eliminado, substituído por uma fonte direta sem transformador, se bem que isso passe a exigir cuidados especiais com o alojamento do circuito numa caixa.

O circuito funciona tanto na rede de 110 V como 220 V e usa uma configuração especial para placa onde um soquete especial para a válvula deve ser utilizado.

A configuração empregada é de um oscilador Hartley com um trimmer de alta tensão para a sintonia.

A modulação pode ser feita por uma fonte de sinal externa como um amplificador, mixer ou mesmo um microfone.

O leitor deve ter experiência com circuitos de alta tensão e alta frequência para ter sucesso na montagem deste transmissor.

 

Montagem

Na figura 1 temos o diagrama completo do transmissor.

 

 

 

Figura 1 – Diagrama completo do transmissor
Figura 1 – Diagrama completo do transmissor

 

A placa de circuito impresso para a montagem é mostrada na figura 2.

 

   Figura 2 – Placa de circuito impresso para a montagem
Figura 2 – Placa de circuito impresso para a montagem

 

Na montagem, observe a posição do soquete de 7 pinos da válvula e a polaridade dos diodos que devem ser os 1N4007 para as duas redes, mas os 1N4004 também funcionarão na rede de 110 V.

Os capacitores são cerâmicos para 400 V e os eletrolíticos para 250 V ou mais se a rede for de 110 V ou 400 V ou mais se a rede for de 220 V.

Na figura 3 temos a pinagem da válvula 6C4.

 

   Figura 3 – Pinagem da válvula 6C4
Figura 3 – Pinagem da válvula 6C4

 

Os capacitores eletrolíticos normalmente encontrados em equipamentos antigos são duplos com um invólucro de rosca e a parte metálica consiste no pólo negativo, conforme mostra a figura 4.

 

   Figura 4 – Capacitores eletrolíticos duplos antigos
Figura 4 – Capacitores eletrolíticos duplos antigos

 

Se for usado um capacitor deste tipo, ele deve ser montado conforme mostra a figura 5.

 

   Figura 5 – Montagem do capacitor
Figura 5 – Montagem do capacitor

 

É claro que, se forem encontrados capacitores com terminais axiais convencionais, a montagem ficará facilitada.

Se for usar um capacitor retirado de algum aparelho fora de uso, teste-o antes.

Estes capacitores tendem a se deteriorar se ficarem muito tempo se funcionar num aparelho.

Os resistores são de 1/8 W exceto R1 que é de fio com 5 W de dissipação.

A bobina consta de 2 + 2 espiras de fio telefônico grosso ou esmaltado 22 ou 24.

O transformador T1 tem secundário de 6 V com corrente entre 500 mA e 1 A, servindo para aquecer o filamento da válvula.

Na figura 6 temos o modo de se acoplar um circuito de modulação com um pequeno transformador externo.

 

   Figura 6 – Circuito de modulação
Figura 6 – Circuito de modulação

 

P1 deve ser ajustado para se obter som puro no receptor, sem distorções.

Um processo de modulação mais eficiente é oi que faz uso de um varicap, sendo mostrado na figura 7.

 

   Figura 7 – Modulação por varicap
Figura 7 – Modulação por varicap

 

Lembramos finalmente, que este circuito não é isolado da rede de energia e opera com tensões muito altas, as quais podem causar choques perigosos.

Na rede de 220 V, a potência ultrapassa 5 W e a corrente de placa é da ordem de 25 mA, com uma dissipação total de 8 W.

Na rede de 110 V temos menor potência, mas mesmo assim, o rendimento do circuito é elevado.

 

V1 – 6C4 – válvula triodo

D1 a D4 – 1N4004 ou 1N40007 – diodos retificadores, ver texto

R1 – 1 k ohms x 5 W – resistor de fio

R2 – 330 ohms – resistor – laranja, laranja, marrom

R3 – 15 k ohms – resistor – marrom, verde, laranja

C1, C2 – 100 nF – poliéster x 400 V – capacitores

C3, C4 – 47 uF ou 50 uF – capacitores eletrolíticos – ver texto

C5 – 100 nF – capacitor cerâmico para 400 V

C6 – 47pF – capacitor cerâmico para 400 V

C7 – 10 pF – capacitor cerâmico para 400 V

C8 - 22 pF – capacitor cerâmico para 400 V

C9 – 10 nF – capacitor cerâmico para 400 V

CV – 3 – 30 pF – trimmer de alta tensão

F1 – 1 A – fusível

S1 – Interruptor simples

T1 – Transformador – ver texto

L1 – Bobina – ver texto

 

Diversos:

Placa de circuito impresso, caixa para montagem, fios, solda, cabo de força, etc.

 

BUSCAR DATASHEET

 


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

 

Opinião

Depois do Carnaval (OP188)

Dizem que as coisas em nosso país só começam a andar depois do carnaval. Pode ser para alguns, mas para nós, elas continuam como sempre: andando antes do carnal, no carnaval e depois do carnaval. De fato, continuamos a trabalhar nesses dois períodos no mesmo ritmo de sempre criando coisas novas que todos os dias entram tanto em nosso site em português, como em suas versões em espanhol e em inglês.

Leia mais...

Progresso Social
O caminho do progresso social está, e deve estar, semeado de amizades desfeitas.(The path of social advancement is, and must be, strewn with broken friendships.)
H. G. Wells (1866 - 1946) - Kipps - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)