O Site do Hardware Livre - OSHW

Interface RTD (INS178)

Os dispositivos resistivos de temperatura ou RTD (Resistance Temperature Devices) são utilizados normalmente nas aplicações industriais com interfaces apropriadas.

No entanto, nos ambientes industriais existem ruídos que se espalham numa ampla gama do espectro e que portanto exigem o uso de recursos apropriados de cancelamento como, por exemplo, uma boa rejeição em modo comum dos componentes usados.

Esses ruídos exigem um equilíbrio longitudinal do circuito, o que deve ser obtido através de técnicas apropriadas, como a descritas no Application Note AN-1559 da National Semiconductor (www.national.com).

 

A Tecnologia dos RTDs

Os tipos mais comuns de RTDs são fabricados segundo diversas tecnologias, sendo os mais comuns os baseados nas características de temperatura da platina.

Como essas características podem ser perfeitamente previstas, elas também podem ser controladas e configuradas de diversas formas. Os processos mais comuns de fabricação dos dispositivos consistem em se enrolar fios de platina em torno de bases de vidro ou cerâmica ou ainda utiliza-se chips de filmes de platina.

O padrão internacional EM 60751 define de maneira detalhada quais devem ser as características dos sensores de temperatura de platina.

 

Cuidados no Uso

* Ao se utilizar esse tipo de sensor, deve-se levar em conta que eles não são perfeitamente lineares.

* Para aplicações de precisão é conveniente usar os sensores de maior valor possível para aumentar tanto a sensibilidade como a resolução.

* Sensores de maior resistência exigem fontes de maior tensão ou mesmo fontes duplas.

* Deve-se tomar cuidado para que a corrente no sensor não cause seu aquecimento, o que levará à introdução de erros.

* Lembre-se que os sensores possuem tempos de rsposta o que deve ser levado em conta no processo de aquisição de dados.

 

Configurações

Os sensores RTD podem ser configurados de diversas maneiras, conforme mostra a figura 1.

 


 

O modo de 2 fios (2 wire) é usado quando a resistência parasita dos fios é conhecida e não muda. Essa resistência ser compensada por software no final do percurso do sinal.

O modo de 3 fios (3 wire) permite ao projetista monitorar um lado do loop de corrente com uma conexão Kelvin. A queda de tensão na resistência do loop é medida e compensada.

No modo de 4 fios (4 wire) é possível monitorar a resistência do loop de corrente dos dois lados componente e assim fazer a compensação, principalmente quando se usam fios de comprimentos diferentes.

Temos finalmente o modo de 4 fios com loop (4 wires loop). É semelhante á anterior, mas com a opção de se poder medir as perdas no loop. Com isso a resistência o fio pode ser medida de modo independente do loop RTD. O projetista não precisa depender de boas conexões Kelvin no RTD o que leva à possibilidade de se obter mais precisão e confiabilidade.

 

O circuito

Com base no que vimos, a National fornece um exemplo de circuito de interface para esse tipo de sensor, o qual é mostrado na figura 2.

Esse circuito serve para sensores que tenham resistências na faixa de 80 ? a 1,1 k ? com uma alimentação simples de 5 V. Para maiores faixas de resistências, a tensão de alimentação deve ser maior.

Para resistências inferiores a 80 ? será preciso usar uma fonte com tensão negativa.

Também se observa que esse circuito não opera satisfatoriamente na presença de tensões longitudinais significativas em fios longos até o RTD. Para esse tipo de circuito devem ser usadas configurações balanceadas.

 


 

Nos casos em que os ruídos longitudinais são maiores, recomenda-se o circuito da figura 3.

 

Para esse circuito temos as seguintes recomendações:

* Dependendo da resistência do RTD pode ser necessário mudar a tensão de alimentação.

* Para a tensão de referência o V+ deve ser mantido em 5 V.

* Para resistências muito baixas do RTD, deve-se usar uma tensão adicional negativa de - 2 V e a linha positiva de alimentação deve ser de 10 V.

* Na entrada U1B, IN+ deve ser adicionado um resistor para proporcionar isolamento ao cabo.

* No site da National podem ser encontrados modelos SPICE dos amplificadores usados.

 


 

Circuitos e informações adicionais como cálculos e procedimentos podem ser encontrados no Application Note da National, no site indicado no início do artigo.

 

BUSCAR DATASHEET

 


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

 

Opinião

Mês de Aniversário - 10 Anos (OP195b)

Este é um mês especial para nós. Comemoramos o décimo aniversário do Instituto Newton C. Braga e de nosso site. O que se pensou inicialmente que seria um pequeno blog para dar continuidade ao meu trabalho de até então 50 anos se tornou um verdadeiro portal da eletrônica com edições em espanhol e em inglês. Na verdade, quando isso ocorreu o pensamento de alguns é que as coisas na internet estavam com os dias contados. Era uma “Febre de Momento” como ouvi dizer de alguns. Não era e fomos em frente.

Leia mais...

Verdade
A verdade é a coisa mais preciosa que temos. Economizemo-la. (truth is the most valuable thing we have. Let us economize it.)
Mark Twain (1833 - 1910) - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)