Indicador de Níveis Lógicos (INS348)

Escrito por Newton C Braga

Um dos instrumentos de maior utilidade para quem trabalha com circuitos lógicos é o indicador de níveis lógicos. Este instrumento permite uma rápida verificação da saída ou entrada de uma função lógica, com o que um imediato conceito do estado geral do circuito pode ser feito.

O indicador de níveis lógicos que descrevemos utiliza como base um circuito integrado CMOS 4011 que consta de 4 portas NAND de duas entradas, das quais apenas 3 são utilizadas.

O circuito pode ser alimentado por tensões entre 3 e 15 V, e não entramos em pormenores sobre sua utilização que deve ser conhecida profundamente por todos que tenham experiência no setor dos circuitos lógicos digitais.

A tabela dada a seguir fornece os valores dos componentes dependentes da tensão de alimentação, justamente em função dela.

U(V) Rb Rc
3 4,7 k 39
10 18 k 330
15 27 k 470

 

O circuito completo do indicador é dado na figura 1.

 

Figura 1 – Circuito completo
Figura 1 – Circuito completo

 

A placa de circuito impresso sugerida para o caso é dada na figura 2.

 

Figura 2 – Placa de circuito impresso universal usada na mo0ntagem
Figura 2 – Placa de circuito impresso universal usada na mo0ntagem

 

O estado do LED (aceso ou apagado) é determinado pelos níveis lógicos nas entradas (A) e (B).

Se (A) se encontrar no nível lógico LO e (B) no nível Hl o LED brilhará continuamente. Se (B) estiver no nível lógico LO e (A) estiver no nível HI então o LED permanecerá apagado.

Se ambas as entradas (A) e (B) estiverem no nível Hl, então o multivibrador astável formado pelas portas N1, N2 e N3

Nossa sugestão para a montagem é dada em placa de circuito impresso universal, na qual o invólucro DIL de14 pinos do Cl se encaixa perfeitamente.

 

CI - C D4011 ou equivalente

Q1 - BC238, BC548 ou equivalente

C1 - 100 nF - capacitor de poliéster ou cerâmica

R1 - 100 k x 1/8 W - resistor

R2 - 2,2 M x 1/8 W - resistor

Rb, Rc - ver texto

LED - LED vermelho de uso geral

Diversos: placa de circuito impresso universal, fios, solda, suporte para pilhas, pontas de prova, etc.

 

(Publicado originalmente em 1980)