Medidor de Intensidade de Campo (TEL163)
O Site do Hardware Livre - OSHW

Medidor de Intensidade de Campo (TEL163)

No nosso Curso de Eletrônica estudamos o que são as ondas eletromagnéticas e como estas podem ser produzidas. Interessa-nos em eletrônica especialmente a parte do espectro eletromagnético que corresponde às ondas de rádio. Estas ondas, cuja existência foi prevista por Maxwell e comprovada por Marconi e Landel de Moura, hoje são usadas em muitos sistemas de telecomunicações de uso diário como o rádio, a TV etc. O que propomos ao leitor nesta parte é a montagem de um medidor de intensidade de campo, ou seja, um aparelho que acusa a presença de ondas eletromagnéticas (ondas de rádio) e mede sua intensidade relativa.

O medidor de intensidade de campo que propomos pode servir para verificar o funcionamento de pequenos transmissores de rádio, microfones sem fio, walk-talkies, transmissores de radioamadores e muitos outros.

Este aparelho indicará a presença de ondas de rádio na faixa de frequências que vai de 100 kHz, aproximadamente, até mais de100 MHz.

Muito simples de montar, o indicador de RF, ou medidor de intensidade de campo, servirá para a realização de provas com equipamentos que geram ondas de rádio.

A alimentação do circuito é feita com duas pilhas, e o uso de antena telescópica permite a operação fácil sob quaisquer condições.

 

Como Funciona

As ondas eletromagnéticas, interceptadas por uma antena telescópica, induzem uma corrente de alta frequência que atinge o circuito via reator de RF XRF.

Este choque de RF impede que os sinais passem para a linha de terra do aparelho, desviando-os para o diodo detector D1.

Após a detecção, o sinal retificado é amplificado por dois transistores na configuração Darlington, aumentando assim em milhares de vezes sua intensidade.

O sinal é retirado do emissor via uma derivação do trimpot P1, sendo levado para o indicador que é um microamperímetro do tipo usado em VU de 0-200 µA.

O trimpot permite ajustar a corrente de repouso no instrumento, ou seja, o ponto de indicação zero; Assim, na presença de sinal de rádio teremos variações de tensão em P1 que fazem a agulha do instrumento deflexionar.

A escala deste instrumento pode ser graduada em termos de intensidade relativa do sinal.

Tendo por base um transmissor de potência conhecida ficará fácil elaborar este tipo de escala.

Veja que o circuito não necessita de sintonia. O uso de um choque de RF possibilita a cobertura de toda a faixa sem necessidade de sintonia.

 

Montagem

Na figura 1 temos o diagrama completo do aparelho.

 

Figura 1 – Diagrama do aparelho
Figura 1 – Diagrama do aparelho

 

Na figura 2 temos a sua montagem, para iniciantes e experimentadores, em ponte de terminais.

 

Figura 2 – Montagem em ponte
Figura 2 – Montagem em ponte

 

Nada impede que os leitores que tenham a possibilidade de realizar esta montagem em placa de circuito impresso o façam.

Os transistores são NPN comuns de uso geral, e para o trimpot se admite valores próximos como 4k7 e 22 k.

O diodo D1 pode ser qualquer um de uso geral de germânio. Na dificuldade em encontrar o choque de RF pronto, enrole umas 100 ou 200 voltas de fio fino (32 ou 34 AWG) num bastão de ferrite de 1 cm de comprimento e diâmetro entre:0,4 e 0,8 cm.

O instrumento é um VU-meter comum de 200 µA ou mesmo um miliamperímetro de 0 a 1 mA.

Observe a polaridade da ligação do suporte de pilhas, assim como do instrumento, pois, com uma inversão, e1e tende a deflexionar para a esquerda..

 

Ajuste e Uso

Aproxime a antena telescópica de qualquer pequeno transmissor, mas sem encostar em nenhuma parte de seu circuito, principalmente na antena.

Uma vez ajustado o trimpot para deflexão zero, ele deve ter sua agulha de M1 movimentada quando o transmissor for ligado.

Comprovado o funcionamento instale-o numa caixinha comor a da figura 3.

 

   Figura 3 – Caixa para montagem
Figura 3 – Caixa para montagem

 

 

Lista de Material

Q1, Q2 - BC548 ou equivalentes transistores NPN de uso geral

D1 - 1N34 ou qualquer diodo de germânio

P1 -10 k - trimpot

M1 - 0-200 µA - VU meter

S1 - Interruptor simples

B1- 3 V - 2 pilhas

XRF - Choque de 47 µH a 500 µH

C1 -100 nF - capacitor cerâmico

R1 - 2M2 x 1/8 W - resistor (vermelho, vermelho, verde)

R2 – 10 k x 1/8 W - resistor (marrom, preto, laranja)

R3, R4 - 4k7 x 1/8 W – resistores (amarelo, violeta, 'vermelho)

Diversos: ponte de terminais, suporte de pilhas, antena telescópica, caixa para montagem, fios, solda etc.

 

BUSCAR DATASHEET


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Opinião

Fim de Férias (OP184)

Para os leitores que estudam ou ensinam e que nos acompanham, agosto marca o término das férias de meio ano. Também para os leitores que trabalham com eletrônica, o mês de agosto também encerra a temporada em que viajam com a família e os filhos justamente devido as férias.

Leia mais...

Humanidade
Amar a humanidade é fácil: o difícil é amar seres humanos.
Kalman Shulman (Words of Wise) - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)