Seleção de amplificadores para fones (ART1179)

Escrito por Newton C Braga

Constantemente as empresas que fabricam circuitos integrados lançam novos amplificadores para fones de ouvido. De fato, trata-se de um mercado muito grande dada a quantidade de aplicativos que fazem uso desses dispositivos tais como celulares, MP3, iPADs, Tablets, etc. Neste ano de 2011, diversos foram os novos produtos nesta área. Selecionamos alguns deles, observando que a maioria está em invólucros SMD pois se destinam à indústria.


LM4917 - Amplificador Estéreo de 95 mW- National

Este circuito integrado da National Semiconductor, que agora é uma empresa do grupo Texas Instruments, contém dois amplificadores de 95 mW com saída de 16 ?, operando a partir de uma fonte de apenas 3 V.

Este componente proporciona uma saída de som de alta qualidade, com um mínimo de componentes externos, o que o torna ideal para aplicações móveis. O circuito integrado LM4917 pode operar com tensões de 1,4 V a 3,6 V e uma THD+N menor que 0,02%.

Os dois canais possuem controles de shutdown independentes de modo a minimizar o consumo em aplicações tanto estéreo como mono. Na figura abaixo temos o circuito de aplicação.

 

Circuito de aplicação do LM4917
Circuito de aplicação do LM4917

 

O circuito integrado é disponível em invólucro TSSOP de 16 pinos com a pinagem mostrada na figura 2.

 

 Pinagem do LM4917
Pinagem do LM4917

 

 

MAX97220 - Amplificador de 125 mW x 32 ? - Maxim.

Este componente consiste num amplificador com entradas diferenciais para fones de ouvido ou drive de linha. O dispositivo fornece um sinal de 3 Vrms em uma carga de 1 k ? com alimentação de 5 V e para operação com fone fornece 125 mW numa carga de 32 ? com alimentação de 5 V. O ganho é fixado através de resistores externos.

O circuito integrado MAX97220 é disponível em invólucro TFQN de 16 pinos e na figura 3 temos um circuito típico de aplicação. O datasheet de 2011 pode ser baixado no site da Maxim (WWW.maxim-ic.com).

 

Circuito típico de aplicação do MAX87220 da Maxim
Circuito típico de aplicação do MAX87220 da Maxim

 

LM4911 e LM4911Q - Amplificador Estéreo de 40 mW - National (Texas)

Estes circuitos integrados da National Semiconductor, agora Texas Instruments consistem em amplificadores estéreo com uma potência de 45 mW por canal em carga de 16 ? e 25 mW com carga de 32 ?, utilizando uma fonte de alimentação de 3 V.

Este amplificador se caracteriza pelo uso de pouco componentes externos e baixo consumo. Os circuitos integrados em questão possuem proteção contra aquecimento interno com um mecanismo de shutdown que diminui o consumo.

A versão Q é otimizada para aplicações automotivas. Na figura 4 temos o circuito típico de aplicação.

 

 Circuito de aplicação
Circuito de aplicação

 

Na figura 5 temos a pinagem do invólucro MSOP de 10 pinos para este circuito integrado.

 

 Pinagem do LM4911.
Pinagem do LM4911.

 

 

TS4890 - Amplificador de 1 W- ST Microelectronics

Este amplificador já é um pouco ais antigo, de 2006, mas ainda atual em projetos, pois suas características são excelentes.

A alimentação é feita com 5 V e a THD de apenas 1% com carga de 8 ?. O circuito é projetado para aplicações alimentadas por baterias. Na figura 6 temos um circuito típico de aplicação.

 

 Circuito típico de aplicação.
Circuito típico de aplicação.

 

O invólucro é dado na figura 7.

 

 Invólucro e pinagem.
Invólucro e pinagem.

 

A lista de material é dada a seguir.

Lista
Lista