O Site do Hardware Livre - OSHW

Spot de efeitos especiais para o PC (ART594)

Este projeto consiste num sistema de luzes rítmicas acionando pelo computador, possibilitando assim a obtenção de efeitos especiais a partir dos sons gravados em arquivos ou ainda reproduzidos ou editados a parir de CDs, DVDs ou pen drivers. O circuito é indicado para operação com lâmpadas incandescentes comuns e também podem ser conectado a laptops para se obter um sistema portátil de efeitos especiais. Um projeto bastante interessantes para quem faz festas, gosta de games com efeitos realistas e organiza bailes ou outros eventos com a reprodução de som a partir do computador.

Para os que pensam que possuem um PC com todos os recursos de multimídia imagináveis, incluindo um potente amplificador de som e não imaginam que algo mais possa ser acrescentado, este artigo pode ser uma surpresa! Apresentamos aqui um circuito de "spot" de luz vermelha (ou de outra cor) que vai iluminar sua sala quando os efeitos de explosão ou barulhos fortes de seus games forem reproduzidos. Simples de montar, o circuito é totalmente seguro por usar um transformador que o isola de seu PC.

O leitor já pensou que interessante seria ter sua sala iluminada pelo clarão vermelho de uma explosão de seu game predileto ou ainda quando alguma operação resultar em som forte, num jogo de ação?

É exatamente isso que propomos neste artigo: ligado à saída de som de seu sistema multimídia ou de seu amplificador multimídia, este circuito aciona um spot de luz vermelha, ou de outra cor, a partir dos sons produzidos.

Você pode ajustar a intensidade de acionamento do efeito em função da intensidade de reprodução dos sons com facilidade, conforme mostra a figura 1.

 

Ajuste da intensidade do efeito.
Ajuste da intensidade do efeito.

 

A montagem tem diversas características que a tornam interessante, principalmente para os leitores que não tenham muita segurança com montagens eletrônicas.

A primeira está no fato do circuito ser isolado da rede de energia por um transformador, o que elimina o perigo de curtos perigosos ou de danos causados ao seu computador, pela presença de altas tensões indevidas ou perigosas.

A segunda está no fato de que não precisamos mexer nos circuitos internos do computador, já que o sistema é ligado diretamente na saída de som de seu PC.

Finalmente temos o custo que é bastante baixo, já que os componentes que podem ser encontrados em qualquer casa de material eletrônico ou mesmo aproveitados de equipamentos fora de uso.

O circuito controla até 100 watts de lâmpadas incandescentes coloridas ou brancas, que podem ser montadas em spots ou ainda espalhadas pelo seu quarto.

 

COMO FUNCIONA

O que temos é um circuito de "luz rítmica" adaptado para funcionar com os sinais de áudio existentes na saída dos amplificadores multimídia.

O sinal de som de seu PC é aplicado a um transformador que modifica suas características de modo a poder excitar o circuito e, ao mesmo tempo, serve de elemento de isolamento, impedindo que as altas tensões do circuito possam chegar até o PC.

Na saída do transformador temos um controle de sensibilidade que consiste num potenciômetro comum. Esse potenciômetro vai dosar o sinal aplicado ao circuito de modo que a lâmpada só dispare com uma determinada intensidade de som, por exemplo, os sons fortes de uma explosão.

O sinal do cursor do potenciômetro é alternado, não servindo para a nossa finalidade. Assim, depois de limitado em intensidade pelo resistor R1 ele é retificado pelo diodo D1 e aplicado à comporta de um SCR (Diodo Controlado de Silício).

O SCR ‚ um semicondutor ou um dispositivo de estado sólido que funciona como um interruptor controlado. Esse interruptor dispara conduzindo a corrente entre o anodo e o catodo quando um pulso de tensão é aplicado à sua comporta.

Os SCRs podem controlar correntes muito intensas a partir de sinais fracos, como os obtidos a partir da saída de som de um amplificador.

Isso significa que, extraindo apenas uma fraçãozinha de watt do amplificador, podemos controlar uma lâmpada de até 100 watts de potência com facilidade.

Assim, no nosso circuito, ligamos no SCR uma lâmpada de alta potência que então vai piscar quando o sinal de áudio aplicado ao circuito atingir uma determinada intensidade.

Como os sons variam, somente com os picos mais elevados de intensidade é que ocorre o disparo.

O capacitor C1 tem por finalidade produzir certa inércia ao disparo, de modo que o circuito tenda a uma resposta seletiva. Assim, quanto maior for este capacitor maior ser a tendência do circuito em responder somente aos sons mais graves. O leitor poder fazer experiências à vontade com este componente, procurando o valor que seja mais apropriado ao seu uso.

O circuito funciona tanto em 110 V como em 220 V, bastando apenas selecionar o SCR apropriado. O TIC-106 com sufixo B serve para a rede de 110 V, mas para a rede de 220 V deve ser usado o sufixo D.

 

MONTAGEM

Na figura 2 temos o diagrama completo do sistema de efeitos para seu PC.

 

Circuito completo do spot de efeitos para PC.
Circuito completo do spot de efeitos para PC.

 

A montagem do aparelho pode ser feita usando uma pequena placa de circuito impresso. Ao se orientar pela disposição dos componentes na placa, mostrada na figura 3 tenha apenas o cuidado em manter as ligações curtas e bem isoladas e observar as polaridades dos componentes.

 

Sugestão de placa de circuito impresso
Sugestão de placa de circuito impresso

 

Para lâmpadas de mais de 25 watts, o SCR precisará ser montado em um radiador de calor. Esse radiador consiste numa chapinha de metal dobrada em "U" que é fixada com um parafuso no próprio corpo do SCR.

O valor de Rx depende da potência de saída do seu sistema multimídia.

Para os sistemas comuns com amplificador incorporado esta potência é da ordem de 5 watts e Rx pode ter de 47 a 100 ? x 1 watt.

Para amplificadores externos, o resistor depende da potência conforme a seguinte tabela:

 

Potência de saída (W rms)Rx
0 a 10 22 ? x 1/2 W

 

 

10 a 25 47 ? x 1 W

 

 

25 a 50 100 ? x 1 W

 

 

50 a 100 220 ? x 1 W

 

 

 

Mas atenção, alguns amplificadores que são anunciados como tendo "500 W de potência" quando medidos, não passam de 5 a 10 W! e em alguns casos até bem menos.

Assim, escolha o valor de acordo com a potência que você suspeita que o amplificador tenha e depois vá diminuindo seu valor se o circuito não for acionado. Na verdade, isso v ai comprovar que a potência anunciada é muito maior do que a que ele realmente fornece!

O transformador pode ser de qualquer tipo que tenha um enrolamento primário de 110 V ou 220 V e secundário de 6 a 12 volts com corrente entre 200 e 500 mA.

O enrolamento de baixa tensão será ligado ao PC ou ao alto-falante da caixinha de um dos canais, enquanto o enrolamento de alta tensão será ligado ao potenciômetro.

Para outros tipos de aparelhos faça experiências com resistores de 22 ? até 220 ?, com potência de 2 watts ou mais.

O conjunto pode ser montado numa pequena caixa plástica com o potenciômetro acessível por um botão no painel.

Para as lâmpadas ou lâmpada poderá ser usada uma tomada comum onde ela será ligada.

O fusível é importante para proteger o circuito e a instalação elétrica em caso de problemas.

 

Na figura 4 mostramos como fazer a ligação da entrada do circuito em paralelo com um dos alto-falantes do sistema de som de seu PC.

 

Ligação do circuito com o alto falante.
Ligação do circuito com o alto falante.

 

Para maior facilidade de uso você pode abrir uma das caixinhas de som, ligar dois fios contendo uma tomada para a conexão do efeito de luz, de modo a poder retirá-lo do circuito, quando quiser.

 

PROVA E USO

Para provar o aparelho ligue-o ao PC que deve estar com um programa que produza sons ou com um CD. Ajuste o volume para uma reprodução normal no alto-falante e conecte na rede de energia o efeito de luz.

Ajuste então P1 para que a lâmpada pisque ou acenda com os sons produzidos.

Depois disso é s¢ usar o aparelho com seus jogos, ou mesmo com CDs ou rádio da Internet.

Ajuste o potenciômetro depois de feitos os ajustes de som do jogo, para que a lâmpada pisque com os sons desejados.

Se desejar efeito seletivo, ou seja, com as piscadas ocorram somente com os sons mais graves (como os que ocorrem com explosões), altere C1.

Quanto maior este capacitor, mais graves serão os sons que provocam o acionamento do circuito.

Lembramos que esse circuito é de meia onda, já que os SCRs se comportam como diodos. Isso significa que o brilho máximo da lâmpada nas piscadas não é o seu brilho máximo em funcionamento normal.

Para obter o controle de onda completa sugerimos o acréscimo de 4 diodos conforme mostra a figura 5.

 

Controle de onda completa com 4 diodos.
Controle de onda completa com 4 diodos.

 

Com este circuito as piscadas produzidas podem ser um pouco mais fortes.

Observamos finalmente que o leitor não deve, nem alimentar lâmpadas fluorescentes ou eletrônicas com este circuito, nem usar mais de 100 watts de lâmpadas comuns como carga.

 

 

Semicondutores:

SCR - TIC106-B se a rede for de 110V ou TIC106-D se a rede for de 220V

D1 - 1N4004 - diodo de silício

 

Resistores: (1/8W, 5%)

R1, R2 - 10 k ? - marrom, preto, laranja

P1 - 10 k ? - potenciômetro

Rx - ver texto

 

Capacitor:

C1 - 22 nF a 470 nF - poliéster - ver texto

 

Diversos:

T1 - Transformador com primário de 110 ou 220 V e secundário de 6 a 12 V de 200 a 500 mA

F1 - 4 A - fusível

Placa de circuito impresso ou ponte de terminais, caixa para montagem, botão para o potenciômetro, radiador de calor para SCR, suporte para o fusível, soquete para a lâmpada, lâmpada incandescente tipo spot, cabo de alimentação, fios, solda, etc.

BUSCAR DATASHEET


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Opinião

Eventos, Viagens e Muito Mais (OP196)

Iniciamos setembro com muitas novidades. No final de agosto tivemos dias 29 e 30 a IoT Latin America no Expo Center Transamérica em São Paulo – SP, onde ficamos no estande da Mouser atendendo nossos amigos e colaboradores. Tiramos muitas fotos e atendemos a muitos, recebendo de professores e outras pessoas convites para palestras.

Leia mais...

Sofrer
As grandes almas sofrem em silêncio. (Grosse Seelen dulden still.)
Schiller (1739 - 1805) - Dom Carlos - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)