Super Pré Amplificador (ART1998)

Escrito por Newton C Braga

Este pré-amplificador utiliza um transistor Darlington de alto ganho de modo a excitar a entrada de amplificadores mesmo com sinais de pequena intensidade de microfones, cápsulas fonográficas ou outras fontes. Alimentado com 6 ou 9 V ele é facilmente intercalado entre a fonte de sinal e o amplificador.

A base deste projeto é um “Super transistor" Darlington, o BCS17 que tem um ganho mínimo de 30 000 vezes.

Neste circuito o transistor opera na configuração de emissor comum com um bom ganho de tensão e impedância média de entrada, o que facilita sua utilização com uma ampla gama de fontes de sinais.

O consumo da unidade é muito baixo, o que possibilita sua alimentação a partir de pilhas ou bateria. Alterações em alguns resistores de polarização podem modificar o ganho e assim adequar o aparelho a diversos tipos de fontes de sinais.

 

CARACTERÍSTICAS

Tensão de alimentação: 6 ou 9 V

Corrente de consumo: 1 mA (tip)

Ganho mínimo do transistor: 30 000

 

COMO FUNCIONA

Um transistor Darlington de baixa potência, com ganho mínimo de 30 000 vezes, é ligado na configuração de emissor comum.

A base deste transistor é polarizada por R1 e R2, e o sinal retirado de R3, que serve como carga de coletor.

O sinal é aplicado à base do transistor via C1. O capacitor C2 serve como desacoplamento de emissor, e R4, faz a polarização do emissor, C4 desacopla a fonte de alimentação do circuito.

A relação entre R1 e R2 determina o ponto de funcionamento do transistor, que deve permanecer na região linear de sua característica.

Em função das tolerâncias dos componentes, eventualmente R2 deve ser alterado na faixa de 150 k ohms a 470 k ohms de modo a se garantir melhor ganho sem distorção.

Na figura 1 temos o diagrama completo do pré-amplificador.

 

   Figura 1 – Diagrama do pré amplificador
Figura 1 – Diagrama do pré amplificador

 

 

MONTAGEM

A disposição dos componentes numa placa de circuito impresso é mostrada na figura 2.

 

Figura 2 – Placa para a montagem
Figura 2 – Placa para a montagem

 

Com o circuito apresenta um ganho muito alto e opera com sinais de pequena intensidade é preciso tornar cuidado com as ligações de entrada e saída de sinais, que devem ser feitas com fios blindados devidamente aterrados.

 

PROVA E USO

Ligue a saída do pré-amplificador na entrada de um amplificador qualquer.

Na entrada do pré-amplificador ligue uma fonte de sinal de pequena intensidade como, por exemplo, um microfone.

Ajuste o volume do amplificador para obter a melhor reprodução. Para uma versão estéreo monte dois circuitos iguais mas com apenas uma fonte de alimentação em comum.

Se notar roncos ou instabilidades verifique a blindagem dos cabos de sinal.

Se notar distorções com sinais fracos, altere o valor de R2.

 

 

Semicondutor:

Q1 - BC517 – transistor Darlington

 

Resistores (1/8 W, 5%):

R1 - 4,7 M ohms

R2 - 330 k ohms

R3 - 10 k ohms

R4 - 1 k ohms

 

Capacitores:

C1 - 220 nF – poliéster ou cerâmico

C2 - 47 uF – eletrolítico de 12 V

C3 - 470 nF – poliéster ou cerâmico

C4 - 100 uF – eletrolítico de 12 V

 

Diversos:

J1, J2 - Jaques RCA

S1 - Interruptor simples

B1 - 6 ou 9 V - pilhas ou bateria

Placa de circuito impresso, caixa para montagem, tios blindados, fios comuns, solda, etc.