NOSSAS REDES SOCIAIS -

Controle de Velocidade DC (ART1981)

Muitos gravadores comerciais, toca-fitas e mesmo toca-discos usam este circuito da Sanyo para controlar a velocidade de motores de corrente contínua de até 1 A. Você pode aproveitar esta configuração para ter um controle perfeito da velocidade do seu motor de até 12 V.

O controle que descrevemos neste artigo baseia-se no circuito integrado LA55 11 (ou LA5512) da Sanyo, que é apresentado em invólucro semelhante ao TO-22O com 4 terminais, e que, por precisar de poucos elementos adicionais externos, facilita bastante o projeto de um controle de velocidade.

O circuito é indicado para motores de 6 a 12 V com correntes de até 1A.

 

Características

Faixa de tensões de operação: 6 a 12 V

Corrente máxima: 1 A

Resistência de controle: 100 k ohms (max)

Dissipação máxima do CI: 560 mW

Tensão de referência: 1,16 V (tip)

Corrente quiescente do integrado: 1,2 mA

Fator k: 25 para o LA55 12 e 50 para o LA55 11

 

 

COMO FUNCIONA

Internamente, os circuitos integrados LA5511 e LA55 12 têm a configuração mostrada na figura 1.

 

Figura 1 – Circuito do LA5511 e LA5512
Figura 1 – Circuito do LA5511 e LA5512

 

Esta configuração tem um comparador que, em função de uma referência de tensão, determina o ponto de condução dos transistores de saída, mantendo assim a velocidade do motor conforme o ajuste externo dado por P1.

A relação de shunt (k) do controle depende do tipo, pode ser 25 ou 50, e esta relação determina o dimensionamento de RT.

 

MONTAGEM

Na figura 2 temos o diagrama completo do controle de velocidade para pequenos motores de corrente contínua.

 

 Figura 2 – Diagrama do controle DC
Figura 2 – Diagrama do controle DC

 

Na figura 3 temos a disposição dos componentes numa placa de circuito impresso.

 

   Figura 3 – Placa de circuito impresso para o controle
Figura 3 – Placa de circuito impresso para o controle

 

O diodo admite equivalente, e os capacitores devem ter tensões de trabalho maiores do que as usadas na alimentação.

O circuito integrado deve ser dotado de um radiador de calor.

O motor pode ter uma corrente máxima de 1 A.

 

PROVA USO

Para provar o aparelho, basta ligar na saída um pequeno motor decorrente contínua e alimentá-lo. Ajuste então P1 para observar a faixa de variação da velocidade.

Comprovado o funcionamento é só usar o aparelho.

 

Semicondutores:

CI1 - LA5511 ou LA5512 - Circuito integrado Sanyo

D1 - 1N4002 - diodo de silício

 

Resistores (1 /8 W, 5%):

RT - ver texto

P1 - potenciômetro de 47 k ohms

 

Capacitores:

C1 - 4,7 uF - eletrolítico

C2 - 100 nF – poliéster ou cerâmico

 

Diversos.

Placa de circuito impressa, radiador de calor para o circuito integrado, botão para o potenciômetro, fios, solda etc.

 

BUSCAR DATASHEET

 


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

 

Opinião

Momento de agir pensando no futuro

Não temos dúvidas de que estamos diante de uma grande pandemia. As notícias que correm pela mídia, muitas com conteúdo extremamente alarmistas, fazem com que muitas pessoas fiquem desorientadas não sabendo o que fazer. No entanto, uma coisa é certa: temos de seguir as recomendações básicas que impeçam o rápido alastre da epidemia e isso inclui a quarentena.

Leia mais...

Verdade
Dize s vezes a verdade, para que te creiam quando mentires. (Dis quelquefois La verité, afin quon te croie quand tu mentiras.)
Jules Renard (1864 - 1910) - Diário - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)