O Site do Hardware Livre - OSHW

Pesquisador Infravermelho (ART1802)

Detecte fontes de radiação infravermelha modulada, como controles remoto, verificando sua intensidade e sua origem. Este simples detector é bastante sensível e é alimentado por pilhas comuns.

O detector que apresentamos detecta infravermelho modulado, reproduzindo a modulação num pequeno alto-falante.

Uma das utilidades possíveis é como verificador de funcionamento de controles remotos, conforme mostra a figura 1.

 

   Figura 1 – Utilizando o pesquisador
Figura 1 – Utilizando o pesquisador

 

A sensibilidade do circuito é elevada, graças ao uso de um amplificador operacional de grande ganho e um foto-transistor comum como sensor.

O circuito também poderá detectar outras fontes de luz modulada, pois o sensor não responde apenas aos infravermelhos.

O sensor usado pode ser qualquer foto-transistor comum, inclusive aproveitado de velhos televisores analógicos fora de uso com controle remoto.

Para maior seletividade, pode ser usado um filtro infravermelho que pode ser encontrado em televisores antigos na frente do sensor.

Na figura 2 temos alguns tipos de foto-transistores comuns que podem ser utilizados neste projeto.

 

   Figura 2 – Foto-transistores comuns
Figura 2 – Foto-transistores comuns

 

 

Montagem

Na figura 3 temos o diagrama completo do pesquisador infravermelho.

 

  Figura 3 – Diagrama do pesquisador infravermelho
Figura 3 – Diagrama do pesquisador infravermelho

 

A placa de circuito impresso para a montagem é mostrada na figura 4.

 

   Figura 4- Placa de circuito impresso para a montagem
Figura 4- Placa de circuito impresso para a montagem

 

Na montagem, observe a posição do circuito integrado, do transistor e do foto-transistor.

Os resistores são de 1/8 W com qualquer tolerância e o capacitor eletrolítico para 6 V ou mais.

O alto-falante é pequeno e uma caixa como a mostrada na figura 5 pode ser utilizada.

 

   Figura 5 – Caixa para a montagem
Figura 5 – Caixa para a montagem

 

Na figura 6 temos um emissor infravermelho que pode ser usado para testar o pesquisador.

 

   Figura 6 – Um transmissor infravermelho de teste
Figura 6 – Um transmissor infravermelho de teste

 

O par pode ser usado num sistema experimentação de comunicação telegráfica por infravermelho, bastando substituir S1 do transmissor por um manipulador.

 

CI-1- 741 – circuito integrado

Q1 – Qualquer foto-transistor

Q2 – BC548 – transistor NPN de uso geral

S1 – Interruptor simples

B1 – 9 V – bateria

P1 – 2M2 ohms – potenciômetro

FTE – 4 ou 8 ohms – pequeno alto-falante

R1, R2 – 10 k ohms – resistores – marrom, preto, laranja

R3 – 100 k ohms – resistor – marrom, preto, amarelo

R4 – 1 M ohms – resistor – marrom, preto, verde

R5 – 33 ohms – resistor – laranja, laranja, preto

C1 – 220 nF – capacitor cerâmico ou poliéster

C2 – 100 uF – capacitor eletrolítico

Diversos:

Placa de circuito impresso, conector de bateria, caixa para montagem, fios, solda, etc.

 

BUSCAR DATASHEET

 


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

 

Opinião

O Eventos de Maio (OP191)

Neste mês de maio, além das novidades do site, tivemos a participação em eventos de grande peso, que repercutiram de forma bastante positiva nas redes sociais (veja fotos em nosso Instagram ou Facebook).

Leia mais...

Dúvida
Pois a dúvida agrada-me não menos que o saber. (Che non men che saver, dubbiar maggrata.)
Dante (1265 1321) - Inferno - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)