O Site do Hardware Livre - OSHW

Amplificador Reforçador de 30 a 80 W IHF (ART1774)

Os amplificadores descritos com potências de 15 a 40 Wrms podem ser usados como reforçadores para sistemas de som ou ainda para aplicações de sonorização. Os circuitos são muito simples usando apenas 4 transistores com 2 Darlingtons na saída.

Os circuitos apresentados consistem em configurações que, com a troca de alguns componentes e da tensão de alimentação podem fornecer potências diferentes.

Dois canais podem ser montados com a obtenção de sistemas estéreo.

A indicação de potência IHF e RMS é diferentes, pois elas se referem a condições diferentes segundo as quais são medidas as saídas, conforme mostra a figura 1.

 

   Figura 1 – As potências IHF e RMS
Figura 1 – As potências IHF e RMS

 

Na potência rms mede-se o valor médio quadrático ou potência eficaz do sinal, enquanto que na potência IHF ou musical, mede-se o pico, ou ponte de máximo.

Muitos fabricantes de equipamentos de som preferem indicar a potência IHF para seus produtos, pois resultam num número maior que impressiona mais o cliente, se bem que signifique a mesma coisa...

Nosso amplificador utiliza transistores Darlington de potência da série TIP, com a configuração mostrada na figura 2.

 

   Figura 2 – O transistor Darlington TIP122
Figura 2 – O transistor Darlington TIP122

 

Esta série de transistores pode operar com tensões e corrente elevadas o que permite sua utilização em etapas de saída de boa potência, com tipos complementares, conforme mostra a figura 3.

 

   Figura 3 – Etapa complementar com transistores Darlington
Figura 3 – Etapa complementar com transistores Darlington

 

Veja que enquanto um transistor conduz os semiciclos positivos do sinal, carregando o capacitor pelo alto-falante, o outro transistor conduz os semiciclos negativos, descarregando o capacitor através do alto-falante.

A carga e descarga faz com que o alto-falante reproduza o sinal completo de áudio.

 

Montagem

Na figura 4 temos o diagrama completo do amplificador.

 

   Figura 4 – Diagrama do amplificador
Figura 4 – Diagrama do amplificador

 

Os transistores deverão ser dotados de excelentes dissipadores de calor e no layout da placa devem ser previstas trilhas largas para as linhas de correntes mais intensas.

Os resistores são de1/8 W com qualquer tolerância exceto R8 e R9 que são resistores de fio de 2 W de potência.

Os capacitores eletrolíticos dependem da versão, conforme tabela que daremos.

Para a tensão de alimentação devemos ter as seguintes possibilidades conforme a potência, dadas pela tabela:

 


 

 

O transformador, capacitor e diodos têm suas características dadas conforme a versão:

a) 15 W – mono – carga de 4 ohms

T1 = 20 + 20 V x 2 A ou 18 + 18 V x 2 A

C1 – 4 700 uF x 35 V

D1, D2 – 1N4004

b) 15 W – mono – carga de 8 ohms

T1 = 24 + 24 V x 2 A ou 22 + 22 V x 2 A

C1 – 4 700 uF x 45 V

D1, D2 – 1N4004

c) 20 W – mono – carga de 4 ohms

T1 – 22 + 22 V x 2,5 A ou 24 + 24 V x 2,5 A

C1 = 4 700 uF x 45 V

D1, D2 – 100 V x 2 A

d) 20 W – mono – carga de 8 ohms

T1 = 28 + 28 V x 2,5 A ou 30 + 30 V x 2,5 A

C1 – 4 700 uF x 60 V

D1, D2 – 100 V x 2 A

e) 30 W – estéreo (15 + 15 W) carga de 4 ohms

T1 = 20 + 20 V x 4 A ou 18 + 18 V x 4 A

C1 – 10 000 uF x 35 V

D1, D2 – 100 V x 2 A

f) 30 W – estéreo (15 + 15 W) – carga de 8 ohms

T1 – 24 + 24 V x 4 A ou 22 + 22 V x 4 A

C1 – 10 000 uF x 50 V

D1, D2 – 100 V x 2 A

g) 40 W – estéreo (20 + 20 W) – carga de 4 ohms

T1 = 22 + 22 V x 5 A ou 24 + 24 V x 5 A

C1 – 10 000 uF x 50 V

D1, D2 – 100 V/4 A

h) 40 W – estéreo (20 + 20 W) – carga de 8 ohms

T1 = 28 + 28 V x 5 A ou 30 + 30 V x 5 A

C1 – 10 000 uF x 60 V

D1, D2 – 100 V x 4 A

A corrente de repouso dos amplificadores é de 20 mA e a sensibilidade de entrada para máxima potência de 1 Vpp.

A faixa de frequências amplificada vai de 20 Hz a 50 kHz.

Na figura 5 temos a disposição dos terminais dos transistores BC556 e BC640.

 

   Figura 5 – Terminais dos transistores de menor potência
Figura 5 – Terminais dos transistores de menor potência

 

O diagrama da fonte de alimentação é mostrado na figura 6, observando-se que o valor de C1 é dado conforme a potência da versão escolhida.

 

   Figura 6 – Diagrama da fonte de alimentação
Figura 6 – Diagrama da fonte de alimentação

 

A montagem da fonte, usando uma barra de terminais é mostrada na figura 7.

 

   Figura 7 – Montagem da fonte
Figura 7 – Montagem da fonte

 

Na figura 8 mostramos como devem ser feitas a conexões das versões monofônicas e estereofônicas na fonte.

 

   Figura 8 – ligação das fontes
Figura 8 – ligação das fontes

 

Observe que podemos usar uma única fonte para qualquer das versões.

Para se obter uma corrente de repouso da ordem de 20 mA, basta ajustar o trimpot P1 para que a tensão medida por um multímetro, conforme mostra a figura 9, seja da ordem de 2,4 V.

 

   Figura 9 – Ajuste da corrente de repouso
Figura 9 – Ajuste da corrente de repouso

 

Para usar os amplificadores como reforçador, ou amplificador adicional, retirando o sinal da saída de um amplificador menor, devemos usar um resistor de carga, conforme mostra a figura 10.

 

     Figura 10 – Usando um resistor de carga
Figura 10 – Usando um resistor de carga

 

Para retirar o sinal de uma saída estéreo, podemos usar um plugue estéreo que deve ser ligado conforme mostra a figura 11.

 

   Figura 11 – Usando uma saída estéreo
Figura 11 – Usando uma saída estéreo

 

 

Q1 – BC6409 – transistor NPN de 80 V

Q2 - BC547 – transistor NPN de uso geral

Q3 –TIP122 – transistor NPN Darlington de potência

Q4 – TIP127- transistor PNP Darlington de potência

P1 – 1k2 – trimpot

R1 – 10 k ohms x ¼ W – resistor – marrom, preto, laranja

R2, R3, R6 – resistores conforme a potência- ver tabela

R4 – 2k2 ohms x ¼ W – resistor – vermelho, vermelho, vermelho

R5 – 1 k ohms – resistor – marrom, preto, vermelho

R7 – 680 ohms x ¼ W – resistor – azul, cinza, marrom

R8, R9 – 0,33 ohms x 2 W – resistores de fio

C1 – 4,7 uF x 50 V – capacitor eletrolítico

C2 – 47 uF x 50 V – capacitor eletrolítico

C3 - - 100 nF – capacitor cerâmico ou poliéster para 50 V ou mais

C4 – 1 000 uF x 50 V – capacitor eletrolítico

FTE – 4 ou 8 ohms com potência maior do que a versão escolhida

Diversos:

Placa de circuito impresso, dissipadores de calor para os transistores, caixa para montagem, material para a fonte de alimentação, fios, solda, jaques, etc.

 

BUSCAR DATASHEET

 


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

 

Opinião

O Eventos de Maio (OP191)

Neste mês de maio, além das novidades do site, tivemos a participação em eventos de grande peso, que repercutiram de forma bastante positiva nas redes sociais (veja fotos em nosso Instagram ou Facebook).

Leia mais...

Qualidades
Devemos cultivar nossas qualidades, não nossas particularidades. (Unsre Eigenchaften mssen wir kultivieren, nicht unsre Eigenheiten.)
Goethe (1749 1832) Literatura e Vida - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)