O Site do Hardware Livre - OSHW

Divisores de Frequência Para Alto Falantes (ART1696)

Os alto-falantes comuns não conseguem reproduzir satisfatoriamente todos os sons da faixa de frequência que podemos ouvir. Isso significa a necessidade de usarmos alto-falantes diferentes e com eles circuitos que separam as frequências que cada um pode reproduzir. Como funcionam estes circuitos é o que veremos neste artigo.

Um alto-falante comum de bobina móvel utiliza um cone para produzir as ondas de compressão e descompressão que consistem nos sons, conforme mostra a figura 1.

 

   Figura 1 – Estrutura de um alto-falante comum
Figura 1 – Estrutura de um alto-falante comum

 

Mesmo com o aperfeiçoamento das tecnologias de construção destes alto-falantes com imãs muito poderosos e bobinas com geometria especial, ainda existe uma limitação para a faixa de frequências que cada um pode reproduzir.

As faixas de cada tipo são dadas juntamente com suas especificações, mas o que sabemos é que num alto-falante único, as diversas frequências que normalmente encontramos nos sistemas de som, são geradas em regiões diferentes do cone, conforme mostra a figura 2.

 

   Figura 2 – As regiões de reprodução
Figura 2 – As regiões de reprodução

 

Observe que os graves são reproduzidos justamente na região de maiores dimensões, daí os alto-falantes maiores reproduzirem melhor esta faixa de frequências.

No entanto, na prática, é muito melhor contarmos com alto-falantes especialmente construídos para cada faixa de frequências, conforme mostra a figura 3.

 

   Figura 3 – Os tipos de alto-falantes
Figura 3 – Os tipos de alto-falantes

 

Conforme mostra a figura, temos os tweeters que reproduzem as altas frequências que correspondem aos sons agudos.

Temos os mid-ranges, cuja finalidade é reproduzir as médias frequências ou médios.

Finalmente, temos os woofers que são os alto-falantes de baixas frequências, ou seja, os graves.

Para separar os sinais das diversas faixas existem muitas configurações possíveis, algumas simples e outras sofisticadas que envolvem muitos componentes.

Para o caso dos agudos, temos um tipo de filtro simples muito usado que consiste na ligação de um capacitor despolarizado em série com o tweeter, conforme mostra a figura 4.

 

   Figura 4 – Filtro de agudos
Figura 4 – Filtro de agudos

 

Podemos usar dois capacitores eletrolíticos em oposição ou então um capacitor especialmente projetado para esta função que é despolarizado.

Filtros mais elaborados utilizam indutores e capacitores.

Enquanto os capacitores deixam passar tanto mais facilmente um sinal quanto mais alta seja a sua frequência, para os indutores temos o comportamento inverso conforme mostra a figura 5.

 

   Figura 5 – Características de indutores capacitores
Figura 5 – Características de indutores capacitores

 

Os capacitores apresentam então uma reatância capacitiva Xc que decresce com a frequência e os indutores uma reatância indutiva que aumenta com a frequência.

Na figura 6 temos um filtro separador mais elaborado que utiliza capacitores e indutores.

 

   Figura 6 – Filtro de dois canais
Figura 6 – Filtro de dois canais

 

Os capacitores deixam passar os agudos para o tweeter e os indutores deixam passar os graves para o mid-range que é um alto-falante de médios e graves.

Na figura 7 temos o aspecto real da montagem.

 

   Figura 7 – O filtro de dois canais
Figura 7 – O filtro de dois canais

 

O indutor pode ser feito enrolando-se umas 200 espiras de fio 28 ou mais grosso, conforme a potência do amplificador num bastão de ferrite.

Este filtro tem uma característica que é mostrada na figura 8.

 

   Figura 8 – Característica do filtro
Figura 8 – Característica do filtro

 

O ponto em que as curvas de cada alto-falante se cruzam é denominado crossover ou cruzamento.

É importante observar que quando ligamos dois alto-falantes de 8 ohms em paralelo, a impedância apresentada pelo conjunto passa a ser de 4 ohms.

Isso não ocorre quando usamos dois alto-falantes de 8 ohms, mas com filtros separadores.

Conforme mostra a figura 9, a impedância do conjunto é mantida.

 

   Figura 9 – A manutenção das impedâncias
Figura 9 – A manutenção das impedâncias

 

 

Para três canais, podemos contar com o filtro mostrado na figura 10.

 

   Figura 10 – Filtro de 3 canais
Figura 10 – Filtro de 3 canais

 

 

Neste filtro, temos a separação dos graves, médios e agudos para alto-falantes correspondentes.

Os valores do capacitores e as características dos indutores dependem da impedância dos alto-falantes e da potência do amplificador.

Na figura 11 temos o aspecto da montagem, cujos detalhes podem ser encontrados em diversos artigos deste site.

 

   Figura 11 – Aspecto da montagem
Figura 11 – Aspecto da montagem

 

 

Nas casas especializadas em alto-falantes e equipamentos de som podemos contar com filtros separadores prontos, como o mostrado na figura 12.

 

   Figura 12 – Filtro separador comercial
Figura 12 – Filtro separador comercial

 

Este tipo de filtro já especificado para a potência do amplificador com que vai ser usado e tem duas ou três saídas para os altos falantes.

 

 

BUSCAR DATASHEET


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Opinião

Contente e Triste (OP181)

Trabalhamos arduamente para manter nosso site, procurando todos os dias colocar matérias novas, participar de eventos e preparar novos livros que atendam todos aqueles ávidos por conhecimentos técnicos. Nossos resultados, por um lado, tem sido positivos com o reconhecimento de todos que frequentam nosso site e nos procuram em nossos eventos. No entanto, ao lado dessa alegria também temos os fatos negativos.

 

Leia mais...

Descendência
O imbecil descende de si mesmo. - Soflocleto (Silogismos)
- Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)