Trêmulo Para Violão e Guitarra (ART1688)
O Site do Hardware Livre - OSHW

Trêmulo Para Violão e Guitarra (ART1688)

Descrevemos neste artigo mais uma configuração possível para efeito de som aplicado a instrumentos musicais. Este circuito é simples e utiliza apenas transistores como elementos ativos, podendo ser montado com facilidade a partir de componentes comuns de baixo custo.

Este circuito produz o efeito de trêmulo (som tremulado) em instrumentos que possuam captadores eletrônicos, mas também pode ser intercalado entre qualquer fonte de sinal e um amplificador.

Isso significa que ele pode ser usado com microfones e na edição de mídias diversas.

O circuito é alimentado por pilhas ou fonte e pode também ser acionado por um pedal.

 

Como Funciona

A idéia básica do trêmulo é a modulação de um sinal de áudio, ou seja, variar a intensidade desse sinal por uma baixa frequência.

Com isso, o sinal passa a tremular comum efeito bastante interessante usado com violões e guitarras, além de outras finalidades.

No nosso caso, utilizamos um multivibrador astável para gerar este sinal, aplicando-o a um capacitor de modo que sua forma de onda retangular seja suavizada, conforme mostra a figura 1.

 

   Figura 1 – Forma de onda suavizada do circuito
Figura 1 – Forma de onda suavizada do circuito

 

Assim, no circuito principal, Q1 e Q2 formam o multivibrador e o conjunto formado por Q3 e Q4 suavizam o sinal, aplicando-o a uma lâmpada incandescente.

Esta lâmpada forma um acoplador óptico simplificado, cuja finalidade é controlar o sinal do instrumento musical através de um LDR.

Assim, quando a lâmpada aumenta e diminui de brilho rapidamente, atuando sobre LDR, este componente muda de resistência deixando passar mais ou menos sinal.

A vantagem desta operação passiva é que ruídos não são introduzidos no circuito.

 

Montagem

Na figura 2 temos o diagrama completo do efeito de som.

 

   Figura 2 – Diagrama do trêmulo
Figura 2 – Diagrama do trêmulo

 

 

Para a montagem, pode ser utilizada a placa de circuito impresso da figura 3.

 

   Figura 3 – Placa de circuito impresso para a montagem
Figura 3 – Placa de circuito impresso para a montagem

 

 

Na montagem, observe a posição dos transistores e a polaridade dos capacitores eletrolíticos.

Os resistores podem ser de 1/8 W com qualquer tolerância e os capacitores eletrolíticos têm uma tensão de trabalho de 6 V ou mais.

O LDR é redondo comum e a lâmpada de 6 V x 50 mA devem ser montados num tubinho conforme mostra a figura 4.

 

   Figura 4 – Montagem do acoplador
Figura 4 – Montagem do acoplador

 

 

Para ajustar e usar ligue J1 ao captador do instrumento e J2, através de cabo à entrada do amplificador.

Ajuste P1 para obter o efeito desejado.

Para instrumentos com captadores de baixa impedância (magnético) pode ser necessário utilizar um pré-amplificador.

 

 

Q1, Q2, Q3 – BC548 – transistores NPN de uso geral

Q4 – BD137 ou BD139 – transistor NPN de media potência

L1 – 6 V x 50 mA – lâmpada incandescente

LDR – LDR redondo comum de 1 cm ou menor

P1- 220 k ohms – potenciômetro (ou 470 k)

S1 – Interruptor simples

S2 - interruptor simples ou de pressão

S3 – Chave de 1 pólo x 2 posições

B1 – 4 pilhas pequenas ou médias, ou fonte de 6 V

R1, R4, R5, R6 – 10 k ohms – resistores – marrom, preto, laranja

R2 – 47 k ohms – resistor - amarelo, violeta, laranja

R3 – 100 k ohms – resistor – marrom, preto, laranja

C1, C2 – 2,2 uF – capacitores eletrolíticos

C3 – 10 uF – capacitor eletrolítico

C4 – 4,7 uF – capacitor eletrolítico

J1, J2- jaques de entrada e saída

 

Diversos:

Placa de circuito impresso, suporte de pilhas, caixa para montagem, fios, solda, etc.

 

Artigos Relacionados

BUSCAR DATASHEET


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Opinião

Fim de Férias (OP184)

Para os leitores que estudam ou ensinam e que nos acompanham, agosto marca o término das férias de meio ano. Também para os leitores que trabalham com eletrônica, o mês de agosto também encerra a temporada em que viajam com a família e os filhos justamente devido as férias.

Leia mais...

Esgotar
Sempre que alguém quer esgotar um assunto, esgota a paciência do leitor.
Oscar Wilde (1864 1900) citado por Guilherme Figueiredo - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)