O Site do Hardware Livre - OSHW

ADS5500 - ADC DE 14 BITS, 125 MSPS (COM458)

Os novos padrões de telecomunicações (wireless) estão exigindo componentes que façam o interfaceamento entre circuitos analógicos e digitais cada vez mais rápidos e precisos. Sistemas que operam com imagens, equipamentos de teste são alguns dos locais em que conversores Analógicos - para - Digitais cada vez mais eficientes se tornam necessários. A Texas Instruments, está lançando o seu novo ADC ADS5500 capaz de operar em velocidades de amostragem extremamente elevadas tendo sido projetado justamente para atender a esses novos campos. Neste artigo analisamos este novo componente.

Não é preciso dizer que, apesar do mundo estar se tornando digital, segundo muitos especialistas afirmam, a interface com usuários ainda é analógica pois a maioria dos sensores trabalha com grandezas que não são digitais.

Isso significa que à medida que as tecnologias digitais se desenvolvem, existe a necessidade das tecnologias analógicas as acompanharem e também os circuitos que fazem o interfaceamento.

Assim, os conversores de dados como os ADCs e DACs precisam se tornar cada vez mais rápidos e mais precisos, unindo tanto uma grande capacidade de amostragem como uma definição mais alta.

Em função disso, um dos últimos componentes da família de ADC lançado pela Texas Instrments é o ADS5500 destinado justamente a atender ao mercado de comunicações, equipamentos médicos, teste e medida além de processamento de imagem.

 

O ADS5500

O circuito integrado ADS5500 consiste num conversor Analógico - para - Digital (ADC) de 14 bits com uma velocidade de operação de 125 MSPS (Mega Amostragens por Segundo).

Na figura 1 temos o diagrama de blocos deste componente.

 


 

 

 

A dissipação total do componente é de 750 mW a uma velocidade de 125 MSPS e ele opera com uma fonte simples de 3,3 V, contendo uma referência interna.

O FSR da entrada analógica é de 2 Vpp e a arquitetura usada é do tipo Pipeline. A entrada é do tipo "por tensão".

Sua performance pode ser avaliada pelos seguintes dados:

* SNR de 70 dB com IF de 100 MHz

* SFDR de 82 dB com IF de 100 MHz

* Faixa passante de entrada de 750 MHz

Essas características permitem melhorar projetos em diversos campos de aplicação conforme ressalta o fabricante.

Assim, para as telecomunicações é possível melhorar a performance de receptores, aumentar o número de canais além de reduzir a complexidade e custo do sistema.

Para os equipamentos de medida, pode-se ter uma capacidade de análise do sinal maior, o circuito de entrada analógica é simplificado, e o baixo consumo é importante nas aplicações alimentadas por baterias.

Nos equipamentos médicos obtém-se uma qualidade maior para as imagens, a intensidade dos campos magnéticos é reduzida e os filtros se tornam mais simples.

Finalmente, nas aplicações de vídeo temos imagens de melhor qualidade, o tempo de varredura pode ser reduzido e os custos e a complexidade do sistema também se tornam menores.

 

Exemplo de Uso

Na figura 2 temos um exemplo de um sistema multi-portadora usando a tecnologia tradicional com conversores de menor velocidade e menor resolução.

 


 

 

 

Usando o ADS5500 o sistema fica simplificado conforme mostra a figura 3.

 


 

 

 

Veja que o número de cadeias de sinal é reduzido, a performance é aumentada e com isso temos menor consumo e menor custo para sua implementação.

No processamento de imagem para uso médico, por exemplo, temos na figura 4 uma aplicação típica com base no ADS5500.

 


 

 

 O diagrama mostra um sistema MRI de visualização para uso médico. Trata-se de um sistema de Ressonância Magnética que permite obter imagens de dentro do corpo humano com alta definição baseada na ressonância nuclear que as substâncias orgânicas de nosso corpo apresentam quando submetidas a campos magnéticos de determinadas freqüências.

No sistema típico, como o mostrado na figura, eletroímãs geram um campo magnético pulsante que faz com que determinadas moléculas do corpo entrem em vibração devido à ressonância. Bobinas captadoras captam essas vibração gerando sinais que são levados a um detector de RF e um amplificador.

É neste ponto que entra em ação O ADS5500. Este componente converte os sinais analógicos captados pelas bobinas no seu processo de varredura, em sinais digitais que são levados a um processador TMS320C64x o qual é responsável pela geração final da imagem.

 

Como Trabalhar com o ADS5500

Módulos e avaliação, amostras , suporte técnico e data sheets são alguns recursos que o fabricante oferece aos que desejam desenvolver projetos usando este componente. Mais informações podem ser obtidas em www.ti.com/ADS5500.

 

Datasheet do ADS5500

BUSCAR DATASHEET


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Opinião

Atividades Recentes (OP180)

Nos últimos dois meses (abril e maio) tivemos muitas atividades com viagens e muito mais. Em 13 de abril, por exemplo, participamos da Campus Party em Natal – RN, com grande sucesso, com palestra e muitos contatos com leitores principalmente estudantes, professores e desenvolvedores. (veja filme em https://youtu.be/drvVA0dcBw0 ).

Leia mais...

Texto
Não se cria nada com um texto que se compreende com demasiada exatidão. (No se crea nada com um texto que se comprende demasiado exatamente.)
Unamundo (1864 1937) Solilíquios e Conversaçes - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)