O Site do Hardware Livre - OSHW

Você sabe o que as maquinas e o campo falam? (ART3958)

Nessa segunda parte da matéria da nossa série de quatro partes, vou abordar o assunto de forma visionária, baseadas em modelos destacando sugestões tecnológicas para alternativas de soluções integradoras com baixo custo, idealizando perspectivas e possibilidades convergente de hardware e software em sistemas do mundo atual.

 

Primeira parte em: Tecnologia no Agronegócio (ART3928)

Alexandre Yuri - AYSolution www.aysolution.com.br 

 

A tecnologia e desenvolvimento dos sistemas inteligentes conectados abrem novos cenários para estratégias e inovações gerando impactos nos sistemas de informação muito maiores que a ciência tem causado no meio agrícola. Na verdade, todas essas revoluções não estão totalmente definidas, nesse ciclo de desenvolvimento tecnológico vemos que os fabricantes de equipamentos estão incorporando softwares em seus produtos, chamados de OEM, determinando como essas tecnologias serão integradas em nossos sistemas. Sem uma compreensão das mudanças que isso tem sobre os processos e execução das tarefas rotineiras, demonstrando pouca experiência real sobre o modelo de negócios a falta de padronização de protocolos, pouca experiência pratica e conhecimento diversificado de profissionais de desenvolvimento tornando-se a viabilidade de total exploração de seus benefícios ainda distante.

Sensores, dispositivos e os sistemas conectados foram empregados até o momento em funções simples, realizando diagnósticos, alertas, alarmes e serviços simples de rastreamento, acionamento e localização, devido as complexidades técnicas as tecnologias existentes mostrou-se pesada e dispendiosa para atender tantos protocolos conflitantes quanto a soluções baseadas em componentes e circuitos incompletos. Com tantos desafios para o desenvolvimento de aplicações e integração de diversos dispositivos nas redes criando obstáculos as inovações nos modelos existentes para o mercado.

Atualmente com a evolução de novos recursos de serviços de servidores, telecomunicação entre outros possibilitou uma arquitetura de informações com uso da inteligência artificial, aprendizagem de máquinas e a internet das coisas, rompendo com os paradigmas de computação atuais para dar espaço aos novos sistemas integrando redes e dados de todos os sistemas de informação para o mundo real.

Uma das causas que permitiu gerar todas essas mudanças foi a aplicabilidade dos sistemas abertos deixando a natureza dos sistemas fechados e proprietário adotada por alguns fabricantes, mantendo o valor e a integridade da marca e assim criando vantagem competitiva permitindo o uso de recursos compartilhados, tornando possível inovações de serviços de dados em tempo real e a big data transformando modelos antigos em alguns inteiramente novos.

Outro fator importante que está agilizando os processos nessas mudanças são placas de circuitos para prototipagem open source que agiliza o tempo no desenvolvimento barateando custo e tempo na elaboração de projetos.

Baseados em microprocessadores ou microcontroladores, realiza tarefas predefinidas utiliza em geral linguagem C/C++, Phyton entre outras, interagem com sensores, atuadores e funcionam em conjunto com computadores ou de forma autônoma. Outra aposta para alavancar e baratear tornando mais acessível as implantações, integrações com transmissão de dados é o LoRa, é uma tecnologia de rádio frequência que permite comunicação a longas distâncias com consumo mínimo de energia. Baseia-se em uma rede com topologia estrela, similar a uma rede de telefonia celular.

 

 


 

 

 

Os recursos disponíveis de computação em nuvens oferecidas pela Amazom, Microsoft, Google entre outros permitem uma integração perfeita com esses novos dispositivos e a linguagem de programação, tornando ágil e barata, em termos mais simples, a computação em nuvem significa armazenar e acessar dados e programas pela Internet em vez do disco rígido do seu computador. Eliminando uma gigantesca infraestrutura de servidores, tudo que você precisa fisicamente é um computador, tablet ou celular.

 

Acompanhar essas mudanças ou realizar essa migração dos sistemas centrado para um modelo de negócios inteligente voltado aos serviços de nuvens não acontecerão automaticamente, mesmo com fluxos ricos de dados gerados por dispositivos e máquinas. É uma transição importante que exigirá diferentes estratégias e mudança de cultura. Assim como a Industria 4.0 está transformando as empresas em "fábricas de dados", a Agricultura 4.0 traz fazendas e pecuária, para a mesmo patamar tecnológico. No que diz respeito ao que precisa ser construído é um caminho de conscientização e desenvolvimento de habilidades para desenvolver estratégias de valorização, gerenciamento e proteção dos dados desde o momento em que eles nascem em um campo ou ganham vida em um estábulo até a mesa do consumidor.

Quando passamos da agricultura para a agroindústria inteligente o resultado está cada vez mais na capacidade de gerenciar e interpretar a riqueza de conhecimento contida em sua capacidade de gerar dados. Essas inovações digitais permitem uma verdadeira integração da cadeia de suprimentos e uma nova forma de conhecimento compartilhado destinado a propor uma visão do futuro de todo os processos do setor primário e da cadeia agronegócio.

Já existem muitos projetos uso de drones para mapear as culturas no solo, destacando o possível aparecimento de doenças, sistemas automáticos de direção assistida por satélite aplicados em máquinas agrícolas para evitar a fertilização de dois vezes na mesma faixa de terra, o uso de estações meteorológicas para planejar as intervenções na terra tornando as propriedades em um hub para coleta de dados:

 

  1. dados de campo
  2. dados meteorológicos
  3. dados da máquina
  4. dados do equipamento
  5. dados operacionais
  6. dados de colheita
  7. dados no armazém

 

No campo do gerenciamento de informações a agricultura 4.0 é repleta de inovação onde as experiências ainda estão sendo realizadas, as ideias sendo desenvolvidas criando soluções que levam a construir uma vantagem competitiva. Nesta fase da evolução do agronegócio inteligente, o limite não está na tecnologia, mas na falta uma abordagem homogênea para escolher as tecnologias mais adequadas na integração dos dados para cada um dos componentes, governança e habilidades que ainda não são adequados para apoiar essa transformação.

A qualidade dos dados e a governança naturalmente também se envolvem com o tema da qualidade do processamento de dados. Um tema que não pode permanecer a margem nesse contexto são os projetos, os processos, os métodos e os planos de desenvolvimento serão apresentados de forma significativa e testando as habilidades e a capacidade de arriscar o novo. Tudo isso tratado de forma a valorizar e defender seu negócio.

Nossa experiência com os clientes é o que nos inspirou a desenvolver uma inovação na solução de IoT, reunindo seus dados com conectividade em vários tipos de equipamentos, marcas, modelos e sistemas em uma plataforma digital disponibilizando ferramentas que ajudem uma melhor analise e acompanhamento em tempo real.

 

 

 

BUSCAR DATASHEET

 


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

 

Opinião

Mês de Muito Trabalho (OP197)

   Estamos em setembro de 2018 e continuamos com nosso trabalho, realizando palestras, viagens, escrevendo artigos, livros e muito mais. Em nossas duas últimas palestras, uma na Uninove e a outra na ETEC Albert Einstein, ambas de São Paulo, pudemos constatar de forma bastante acentuada um fato importante , que constantemente salientamos em nosso site desde seu início. 

Leia mais...

Pecar
Os bons odeiam pecar por amor à virtude. (Oderunt peccare boni virtutis amoré.)
Horácio (65 - 8 a.C) - Epístolas - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)