O Transistor do futuro (NT044)

Muitas vezes fazer previsões sobre a evolução de um determinado componente, achando que no futuro o componente será o mesmo, mudando apenas seu formato, desempenho e eventual tecnologia de construção é muito perigoso. Já se fez isso com as válvulas sem se prever que um novo componente, o transistor, viria substituí-la. É o que está acontecendo com o transistor em nossos tempos, com novas tecnologias sendo criadas no sentido de aperfeiçoar cada vez mais este componente. O que pode vir é o que analisamos neste artigo.

Todos os dias recebemos notícias anunciando novas tecnologias e novos materiais para a construção dos transistores do futuro.

São os transistores feitos com nanotubos de carbono que prometem ser menores e mais rápidos do que tudo que já surgiu, levando a uma computação em escala quântica extremamente rápida.

São os transistores orgânicos que fazem uso de moléculas orgânicas e que podem ser tão pequenos a ponto de controlar a passagem de um elétron de cada vez.

Agora é a vez dos transistores que não precisam de energia, anunciados por pesquisadores da Universidade de Cambridge.

O que estes pesquisadores estão desenvolvendo são transistores que precisam de tanta energia que ela pode ser “capturada” do próprio meio ambiente, eliminando assim a necessidade de baterias para alimentar seus circuitos.

A ideia dos pesquisadores é aproveitar a fuga de corrente que ocorre num transistor quando ele se aproxima do estado de não condução. Segundo os pesquisadores é algo semelhante ao que ocorre quando colocamos um circuito no modo sleep.

Essa técnica foi testada com êxito e os transistores podem funcionar com energia extraída do próprio meio ambiente. Ainda segundo os pesquisadores, a barreira Schottky que muitos tentam evitar na verdade pode ser útil para a criação de novos transistores com um consumo tão baixo que uma pilha AA alimentaria seu circuito por bilhões de anos!

Indo além os transistores poderiam ser feitos de materiais como o vidro, poliéster, plástico e até papel.

Isso significa que os vestíveis (wearables) do futuro funcionariam com o próprio calor do corpo (sem transdutores, pois os transistores captariam essa energia) e seriam fabricados junto com a própria roupa.

 

 

 

 


Verdade
A verdade é filha o tempo. (Veritas temporis filia)
Auro Gélio (sec II d.C.) - Noites Altas - Ver mais frases

Instituto Newton C Braga - 2014 - Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site
Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)