O Site do Hardware Livre - OSHW

25 000 Gigabytes por polegada quadrada (NOT375)

Setembro de 2017 – No mundo de hoje onde informação é fundamental, ter meios de armazenamento de grande quantidade de dados é algo com que sonhamos desde os tempos em que 64k de RAM eram muito e como diziam na época, “quem vai precisar de mais memória?”

Na realidade, a luta com espaços de armazenamento cada vez maiores é fundamental em nossos tempos e os pesquisadores da Universidade de Manchester estão trabalhando nisso.

De fato, até então o armazenamento através de campos magnéticos trabalhava com domínios em que havia uma polarização magnética de uma certa quantidade de átomos, conforme o bit que deveria ser gravado,. Em outras palavras, cada bit precisava de muitas moléculas ou átomos.

Foi possível chegar a grãos magnéticos muito pequenos da ordem de 10 a 20 nm, capazes de manter alinhamentos conforme o bit gravado, mas isso ainda significa que é possível ir além.

O que os cientistas conseguiram é fazer com que moléculas individuais pudesse manter um alinhamento conforme o bit que deveriam armazenar o que nos levaria a menor memória material prática possível.

O problema é que isso só ocorre em temperaturas baixas, da ordem de -259º C, o que exige o emprego do hélio líquido para o funcionamento.

Os cientistas da Universidade de Manchester, entretanto, estão obtendo progressos e já conseguiram o armazenamento de bits em moléculas individuais de disprósio (um elemento químico) a uma temperatura de -213º C. Sua meta é elevar mais ainda a temperatura chegando aos -190º C.

Mais uma luta contra a temperatura, como já ocorre no sentido de se obter materiais supercondutores que cada vez mais se aproximem das temperaturas ambientes, levando a dispositivos práticos que operem sem a necessidade de refrigeração. Chegaremos lá.

 

Artigos Relacionados

BUSCAR DATASHEET


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Opinião

Mês de Aniversário (OP182)

Este é um mês especial para nós. Completamos nosso nono ano de existência, com muito trabalho e ainda sem esgotar a vasta coleção de coisas que temos para levar aos nossos seguidores. São novos artigos, artigos antigos para serem recuperados, pois têm valor apenas histórico como didático, novos canais como os vídeos no Youtube, novos livros e uma grande programação de palestras e eventos.

 

Leia mais...

Quadro
Um quadro só vive graças quele que o olha. (Um tableau ne vit que par celui que le regarde.)
Picasso (1881 0 1973) - Citado em Picasso, Metamorfoses e Unidade - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)