Receptor para Fotodiodo (MIN486)

Escrito por Newton C Braga

Receber sinais modulados ou não de radiação infravermelha convertendo-os numa tensão amplificada que pode ser usada para excitar circuitos lógicos ou ainda excitar amplificadores operacionais.

O circuito da figura 1 faz uso de um foto-diodo comum cuja resposta de freqüência depende da radiação que vai ser usada.

 


 

 

 

Utilidades:

Links de dados ou fibras ópticas

Tacômetros ou outros instrumentos que usem sensores ópticos

Detectores de passagem

Contadores de objetos em linhas de montagem

Isoladores ópticos de sinais modulados

Encoders

 

Detalhes Construtivos:

O foto-diodo pode ser dotado de recursos ópticos que dependem da aplicação do circuito.

Uma lente convergente e um tubo opaco aumentam sua diretividade e sensibilidade possibilitando o afastamento da fonte emissora. O resistor R1 pode ser alterado em função da sensibilidade desejada.

A placa de circuito impresso para implementação do receptor é mostrada na figura 2.

 


 

 

 

A velocidade máxima de resposta é de alguns megahertz, dependendo do foto-diodo usado. O circuito pode ser usado para interfacear lógica CMOS.

 


Semicondutores:

FD - Foto-diodo infravermelho ou de outro tipo

Q1 - 2N2222 - transistor de comutação

 

Resistores: (1/8 W, 5 %)

R1, R2 - 10 k Ω x 1/8 W

 

Diversos:

Placa de circuito impresso, fios, solda, etc.