BeagleBone – Linux Angström – Parte III (MIC120)

Continuando o artigo da série BeagleBone falaremos hoje sobre o Linux Angström, que é a distribuição padrão que vem instalada na BeagleBone Black. Segundo o site http://www.angstrom-distribution.org/  o projeto iniciou-se com a junção dos projetos OpenEmbedded, OpenZaurus e OpenSimpad unificando os esforços para fazer uma distribuição estável e de fácil uso para dispositivos embarcados. Marcos de Lima Carlos

Obs. As partes iniciais deste artigo estão em MIC113, MIC114 e MIC117

 

A distribuição do Linux Angström faz parte de um projeto maior chamado Yocto Project que é um projeto colaborativo que provém templates, ferramentas e métodos para ajudá-lo a criar a sua própria distribuição Linux customizada.

 

Comandos Básicos

Não é o objetivo deste artigo falar sobre comandos básicos no linux, por isso se você quiser obter um pouco mais sobre comandos básicos visite o link http://www.vivaolinux.com.br/dica/Comandos-basicos-para-iniciantes  Você pode ir atrás do guia foca linux no link http://www.guiafoca.org/ 

Os comandos básicos servirá para que você consiga entender como funciona um sistema básico no modo terminal.

 

Instalação ou Reinstalação!

Como é muito fácil destruir o sistema interno da placa aqui será explicado como reinstalá-lo de forma rápida e fácil. Você irá precisar dos seguintes itens:

fonte de alimentação de 5V x 500ma

Cartão micro SD de 8GB (Dê preferência aos de Classe 10)

Cabo USB (que normalmente já vem com a beagle bone black)

Computador com gravador de cartões SD ou micro SD. Caso você utilize SD precisará de um adaptador para microSD.

O primeiro passo é baixar a imagem que você quer para a sua placa. É preciso ficar atento pois há imagens feitas para placas de 2GB de memória interna e de 4GB. O link para download da imagem é http://downloads.angstrom-distribution.org/demo/beaglebone/

Essa imagem estará no formato gz como o arquivo abaixo

Angstrom-Cloud9-IDE-GNOME-eglibc-ipk-v2012.12-beaglebone-2013.09.05.img.xz 

 

Se você estiver no windows terá que seguir os seguintes passos:

Faça o download do aplicativo win32DiskImager em http://sourceforge.net/projects/win32diskimager/ 

No caso desta imagem o formato do arquivo é img.xz Você pode utilizar os seguintes softwares para descompactar a imagem:

WinRar (pago)

7-zip – gratuito

Após descompactar a imagem abra o aplicativo win32DiskImager como administrador. Com o cartão microSD no leitor de cartões selecione a unidade de destino para ele. Logo após procure o arquivo de imagem e selecione para gravar.

 


 

 

 

Clique em write a aguarde.

Pronto! Sua imagem está gravada no cartão!

No Linux você pode executar os seguintes comandos:

xz -d BBB*.xz

sudo dd if=./BBB*.img of=/dev/sdX

 

onde BBB*.xz é o arquivo com a imagem

e /dev/sdX é o dispositivo com o cartão SD

 

Agora temos que passar a imagem para a Beaglebone Black. Para isso, temos que seguir os passos abaixo:

Com a placa desligada, colocar o cartão micro SD no slot.

Aperte o botão de boot

ligue a placa na fonte com o botão de boot pressionado. Aperte o botão de power até que os leds comecem a piscar.

 

 

 


 

 

 

Aguarde o tempo necessário para que a imagem seja transferida do cartão para a memória interna. Quando isso terminar os quatro leds estarão acesos como mostra a imagem abaixo.

 


 

 

 

Reinicie a placa e sua BeagleBone estará pronta pra funcionar.

Se você utilizou a imagem do Angström Linux da BeagleBone você poderá conectar o cabo e verificar que a rede via usb funciona normalmente no ip 192.168.7.2

 

Curiosidades:

1. Colocar IP fixo na BeagleBone

Muita gente, até quem trabalha com linux, encontrará dificuldades em configurar um IP fixo para a BeagleBone no Angström. Isso se deve ao fato do Angström da BeagleBone utilizar o connman (do inglês connection manager) ao invés do NetworkManager.

O ConnMan foi desenvolvido especialmente para dispositivos embedded e com resolução de tempo rápida. Ele reúne client de DNS, client DHCP embutido podendo ser adicionado mais funcionalidades através de plugins. A página do Connman é https://01.org/connman 

A primeira coisa que você precisará fazer é conectar via SSH no ip 192.168.7.2 e o serviço eth0 deve estar com um cabo conectado.

No prompt você precisará digitar ifconfig.

 

 


 

 

 

Repare que a placa eth0 possui o mac address 90-59-AF-58-69-B1.

O nome da sua placa no connman é ethernet_macaddr_cable. No caso da BeagleBone Black configuraremos o IP fixo da eth0.

Vá até o diretório /usr/lib/connman/test

Para ver os serviços ativos digite

./get-services

 

Para colocar o nameserver (DNS) você precisa seguir as instruções abaixo:

root@beaglebone:/usr/lib/connman/test# ./set-nameservers
Usage: ./set-nameservers [nameserver*]

root@beaglebone:/usr/lib/connman/test# ./set-nameservers ethernet_macaddr_cable nameserver

No caso do mac address de exemplo e supondo que o meu DNS é 192.168.0.1
root@beaglebone:/usr/lib/connman/test# ./set-nameservers ethernet_9059af5869b1_cable 192.168.0.1

Para colocar o ip (no nosso caso versão 4) use os comandos abaixo:
root@beaglebone:/usr/lib/connman/test# ./set-ipv4-method
Usage: ./set-ipv4-method <service> [off|dhcp|manual <address> [netmask] [gateway]]

No caso do ip eu vou colocar, por exemplo, 192.168.0.25, máscara 255.255.255.0 e gateway 192.168.0.1
root@beaglebone:/usr/lib/connman/test# ./set-ipv4-method ethernet_c8a030ab323a_cable manual 192.168.0.25
255.255.255.0 192.168.0.1

 

Se deu tudo certo é só você executar o ifconfig novamente e visualizar a tela abaixo:

 


 

 

 

Pronto!

 

2. Instalando softwares adicionais

Além do básico que já vem com a placa é possível que o leitor queira instalar sempre mais algumas coisas. O sistema de pacotes da distribuição Angström é o opkg. O opkg é bem semelhante ao apt-get.

Para listar os pacotes utilize o seguinte comando:

opkg list

Se você quiser filtrar alguns deles:

Datasheet do pkg list | grep filtro

Atualizar a lista:

opkg update

 

servidor web

lighttpd

comando: opkg install lighttpd

 

PHP

php php-cgi php-pear php-cli

comando: opkg install php php-cgi php-pear php-cli lighttpd-module-fastcgi

 

Base de dados simples

Você tem todo o direito de abrir um arquivo texto, ou de encontrar um servidor de logs na nuvem. Porém nem sempre isso é possível. O que pode ser feito é a instalação de sistemas simples como o sqlite, hql, entre outros.

É possível instalar o mysql também mas lembre-se que a BeagleBone Black possui pouco espaço interno (4GB as versões mais novas) e apenas 512MB de ram.

 

Java Virtual Machine

É possível instalar o java na BeagleBone Black.

 

 

BUSCAR DATASHEET

 


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

 

Opinião

Novembro chegando (OP197)

Novembro é o mês de encerramento das aulas e com isso, diferentemente do que muitos pensam, as atividades estudantis não terminam. Alguns curtirão suas férias, mas outros ficam para exames e mais ainda, precisam terminar seus TCCs.

Leia mais...

Tempo
Matamos o tempo; o tempo nos enterra.
Machadoi de Assis (1839 - 1908) - Memórias Póstumas de Brás Cubas - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)