Aquecedor para Plantas (MA100)

Com poucos componentes, você pode fazer um aquecedor para plantas ou uma miniestufa. Como aquecedor básico, você pode manter as raízes de plantas em temperaturas apropriadas – O que é interessante para muitas experiências de botânica; como estufa, você pode até cultivar plantas de climas quentes, mantendo-as vivas e saudáveis mesmo no inverno.

Nota: pelos componentes usados e pela utilidade, trata-se de aparelho bastante atual que inclusive pode ser aperfeiçoado com um controle por microcontrolador com sensores de temperatura.

A ideia básica do projeto é muito simples: utilizar a potência elétrica desenvolvida num resistor para aquecer um pequeno ambiente, ou as raízes de plantas em vasos ou recipientes de experiências.

Os resistores são associados em número de 3 para melhor distribuir o calor, e seu valor é calculado de modo a manter a temperatura alguns graus acima da temperatura ambiente, garantindo assim, o “bem estar" da planta.

Damos 5 opções de potências ou temperaturas, conforme as aplicações desejadas, e para cada uma delas temos um ajuste que permite dois graus de aquecimento: num grau. temos a potência total e no outro, aproximadamente a metade.

 

O proieto

A faixa de potências escolhidas fica entre 5 e 25 watts - o que é suficiente para uma estufa ou ambiente de alguns decímetros cúbicos de volume.

Usamos então três resistores de fio ligados em série (R1. R2, e R3). Quando ligamos estes resistores na rede, a energia é transformada em calor, sendo transferida para o meio ambiente. Com isso pode-se ter uma elevação de temperatura que vai justamente depender do valor deste componente.

A "potência dissipada" (P) é calculada em função da resistência total (R) e da tensão aplicada (V) pela seguinte fórmula:

P = V2 / R (Lei de Joule)

Fixando V em 110 V ou 220 V, conforme o caso, podemos facilmente calcular o valor total de R para 5 potências. resultando na seguinte tabela:

R (R1 + R2 + R3)

110 V 220 V

5 W 2 420 9 680

10 W 1 210 4 840

15 W 806 3 226

20 W 605 2 420

25 W 484 1 936

 

Como usamos três resistores, estes valores devem ser divididos por três e aproximados das séries comerciais, levando-se em consideração as dissipações, ou seja, os tamanhos dos componentes.

Chegamos à seguinte tabela final:

R1 = R2 = R3 (ohms)

110 V 220 V

5W 820 x 5W 3k3 x 5W

10 W 390 x 10W 1k5 x 10 W

15W 270 x 10W 1k x10W

20 W 220 x 10W 820 x 10W

25W 180 x 15W 680 x 15W

O diodo serve para cortar à metade a alimentação no sistema, tendo, assim, uma posição de potência reduzida.

 

Montagem

Na figura 1, ternos o circuito completo do aparelho.

 


 

 

Na figura 2, temos a sugestão de montagem. S, S2, D1 e o fusível devem ser fixados numa caixa.

Os resistores ficam enterrados numa caixa de areia seca onde os vasos são colocados. Veia que não deve haver penetração de umidade na areia, pois isso causaria um ataque eletrolítico aos terminais dos resistores, que seriam corroídos.

 


 

 

Para o caso de uma estufa, os resistores podem ficar presos na sua lateral.

A potência escolhida dependerá da elevação da temperatura desejada e do tamanho do ambiente aquecido. Faça experiências.

 

 

R1, R2, R3 - resistores de fio (ver texto)

F1 - fusível de1 A

D1 - 1N4004 ou 1N4007 – diodo de silício

S1 - Interruptor simples

S2 - Chave de 1 polo x 2 posições ou 2 polos x 2 posições

Diversos: caixa para montagem, suporte para fusível, fios, solda etc.

Revisado 2016

 

 


Pensar
Uma porção de pessoas julgam estar pensando quando apenas rearrumam os seus preconceitos. (A great many people think they are thinking when they are merely rearranging their prejudices.)
William James (1842 - 1910) - citado em Quotations for Speakers and Writers - Ver mais frases

Instituto Newton C Braga - 2014 - Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site
Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)