O Site do Hardware Livre - OSHW

Seguidor de sinais 2 (ART439)

Este circuito foi publicado em 1996, mas ainda é atual pela sua simplicidade e facilidade de montagem. O circuito pode ser usado como o primeiro instrumento de bancada do estudante de tecnologia ou mesmo de cursos técnicos. Na bancada do mais experiente ele ajudará a encointrar problemas em receptores de rádio e equipamentos de áudio em geral. Sua finalidade é seguir os sinais nas etapas dos aparelhos eletrônicos tais como rádios, amplificadores, televisores, etc. de modo a encontrar aquela que tenha problemas de funcionamento. Uma vez isolada a etapa com problemas, testes simples podem ajudar na localização do componente responsável: O multímetro pode ser usado para isso, inicialmente com a medida de tensões e depois com o teste dos próprios componentes.

O seguidor que descrevemos é ideal para o iniciante pela sua simplicidade. No entanto, é sensível o bastante para localizar problemas na maioria dos aparelhos. Alimentado por pilhas comuns ele cabe facilmente numa caixa plástica pouco maior que uma saboneteira.

Na verdade, o componente que determina o tamanho da caixa é o alto-falante.

O circuito tem duas entradas, sendo uma para sinais de áudio (B) e outra para sinais de alta frequência (RF) que é a entrada (B). Nesta entrada são aplicados sinais das FIs de receptores de rádio e

TV, etapas de RF e saída de pequenos transmissores ou moduladores.

O ponto (C) do diagrama é a massa do circuito, ou seja, onde vai ser ligada a garra de retorno do circuito, normalmente no chassi ou negativo do aparelho que está sendo analisado.

Os transistores utilizados admitem muitos equivalentes já que praticamente qualquer NPN ou PNP de uso geral servem.

Na figura 1 temos o diagrama completo do seguidor de sinais.

 

Diagrama completo do seguidor de sinais.
Diagrama completo do seguidor de sinais.

 

Na figura 2 temos o modo de se fazer a montagem com base numa ponte de terminais comum.

 

Fazendo a montagem numa ponte de terminais.
Fazendo a montagem numa ponte de terminais.

 

O único resistor é de 1/8W e seu valor pode ser alterado para se melhorar o ganho e a fidelidade conforme as características dos transistores usados. Os valores deste resistor podem ficar entre 470k ? e 2,2 M ?.

O alto-falante de 8 ? deve ter dimensões de acordo com a caixa usada. O capacitor C1 tanto pode ser cerâmico como de poliéster e C2 é um eletrolítico de 6V ou mais e seu valor pode ficar entre 47 µF e 1 000 µF.

Para completar a montagem, o leitor vai precisar de um fio com uma garra jacaré e outro com uma ponta de prova. A ponta de prova pode ser de qualquer tipo, como as usadas em multímetros.

A conexão dos pontos A,B e C podem ser feitas por meio de uma barra de terminais com parafusos ou então bornes.

Para experimentar o aparelho basta ligar a garra jacaré no negativo das pilhas de um radinho e conectando a ponta de prova na entrada B, encostamos no cursor do potenciômetro de volume deste rádio. O sinal deve ser ouvido com clareza do alto-falante.

 

Semicondutores:

Q1 - BC548 ou equivalente - transistor NPN de uso geral

Q2 - BC558 ou equivalente - transistor PNP de uso geral

D1 - 1N34 ou equivalente - diodo de germânio


Resistores:

R1 - 1,5 M ohm x 1/8W (marrom, verde, verde)


Capacitores:

C1 - 100 nF (104 ou 0,1) - cerâmico ou poliéster

C2 - 100 µF/6V - eletrolítico


Diversos:

FTE - 8 ? x 5 cm - alto-falante comum

S1 - Interruptor simples

B1 - 3V - 2 pilhas pequenas

Caixa para montagem, ponte de terminais, suporte para duas pilhas, ponta de prova e garra jacaré, fios, solda, etc.

 

 

BUSCAR DATASHEET


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Opinião

Mês de Aniversário (OP182)

Este é um mês especial para nós. Completamos nosso nono ano de existência, com muito trabalho e ainda sem esgotar a vasta coleção de coisas que temos para levar aos nossos seguidores. São novos artigos, artigos antigos para serem recuperados, pois têm valor apenas histórico como didático, novos canais como os vídeos no Youtube, novos livros e uma grande programação de palestras e eventos.

 

Leia mais...

Barco
Quem geralmente diz: Estamos todos no mesmo barco é aquele sujeito que é dono do único salva-vidas a bordo da canoa virada.
Ambroise Bierce (1842 1914) Dicionário do Diabo - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)