O Site do Hardware Livre - OSHW

Porteiros eletrônicos e intercomunicadores (EL032)

Este artigo foi preparado com base em texto do livro "Instalações Elétricas Sem Mistérios". Não tratamos ainda das câmeras de vídeo de segurança. Veja no final do artigo nota sobre as novas normas.

 

Um recurso mais moderno, que consiste num aparelho eletrônico encontrado em muitas residências, é o porteiro eletrônico.

Conforme sugere a figura 1, este aparelho reúne num conjunto único a campainha e um intercomunicador, que permite ao morador conversar com a pessoa que se encontra na entrada da residência.

 

O porteiro eletrônico.
O porteiro eletrônico.

 

A instalação é feita com a conexão de um dos aparelhos na rede de energia e dos dois aparelhos que formam o sistema entre si (figura 2).

 

Instalação do porteiro eletrônico.
Instalação do porteiro eletrônico.

 

Conforme o fabricante, são dadas instruções claras de como devem ser executadas as conexões, o tipo de fio que pode ser usado e o seu comprimento máximo.

É importante observar que, como estes aparelhos trabalham com sinais de áudio, que são correntes tênues que facilmente sofrem interferências, existem algumas precauções a serem tomadas quanto ao tipo e comprimento de fio para o aparelho funcionar satisfatoriamente.

 

INTERCOMUNICADORES

Se bem que estes aparelhos sejam eletrônicos, existe um tipo de especial interesse para o eletricista, é o que aproveita a rede de energia de uma residência ou escritório para transportar seus sinais (figura 3).

 

Intercomunicador via rede.
Intercomunicador via rede.

 

Vimos que a corrente da rede de energia tem uma freqüência de 60 Hz. Assim, o que os intercomunicadores sem fio pela rede de energia fazem, é "jogar" numa tomada seu sinal numa freqüência muito mais alta (entre 40 000 a 200 000 Hz) de modo que os mesmos fios da instalação possam transportar energia e sinal.

No receptor, os sinais de freqüências mais altas podem ser separados por meio de filtros, (figura 4).

 

 Princípio de funcionamento do intercomunicador via rede.
Princípio de funcionamento do intercomunicador via rede.

 

Este tipo de intercomunicador funciona razoavelmente bem quando a distância entre as estações não é muito grande e ambos estejam ligados na mesma rede.

Se os aparelhos estiverem ligados em redes diferentes de uma mesma instalação, conforme indica a figura 5, pode haver uma dificuldade maior para o sinal percorrer ou ainda ocorrerem perdas na passagem de uma fase para outra, principalmente se existir um transformador nesse percurso.

 

Aparelhos em redes diferentes.
Aparelhos em redes diferentes.

 

O mesmo ocorre se as comunicações forem feitas de uma casa para outra, pois neste percurso, podem haver dispositivos que impeçam a passagem do sinal ou ainda fazem seu desvio para a terra.

A instalação destes intercomunicadores é extremamente simples, pois basta fazer sua ligação numa tomada de energia.

Também existem os tipos "wireless" que não exigem instalações especiais e até podem enviar o sinal para um computador.

 

 

Quando este artigo foi escrito ainda não estavam em vigor as normas NBR5410 que estabeleceram diversas mudanças para a maneira como as instalações elétricas devem ser feita e também para o formato das tomadas de força, com a adoção do terceiro pino. Artigo sobre estas normas deverá estar disponível no site. Os conceitos dados valem para instalações elétricas antigas, como ainda são encontradas em muitos locais de nosso país. Para instalações novas, os leitores devem consultar as normas vigentes.

 

BUSCAR DATASHEET

 


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

 

Opinião

Novo Ano e Novas Perspectivas (OP185)

2019 começa. E com ele novas esperanças e perspectivas de um novo rumo para nosso país e nossos negócios o que é muito bom, principalmente para nós que somos do mundo da tecnologia. Temos uma vantagem. A tecnologia exige de nós uma formação diferenciada e isso nos leva a uma participação muito importante nas mudanças que estão por vir e, muito mais, um aumento de nossa responsabilidade.

Leia mais...

Talento
Com o talento faz-se o que se quer. Com o gênio, faz-se o que se pode. (Avec le talnt on fait ce quon veut. Avec le gênie on fai ce quon peut.)
Ingres (1780 - 1867) - Diário - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)