Drone de 1917 (CUR015)

Se você pensa que veículos não tripulados usados em observações perigosas ou mesmo combate são coisa nova, está enganado. É claro que você não pode esperar o uso de sensores inerciais, comunicação Bluetooth, GPS ou outras soluções microprocessadas numa versão de 1917.

É o que encontramos na revista "TheElectrical Experimenter" de maio de 1917 em um artigo escrito pelo famoso Hugo Gernsback que era seu editor.

Nesse artigo encontramos a sugestão de um torpedo dirigido à distância com propulsão elétrica, mas a propulsão era feita por fios! Naquela época a tecnologia das baterias não era suficientemente desenvolvida para adotar esta solução.

Na figura abaixo temos o projeto descrito por Gernsback que tinha um cabo de alimentação que se desenrolava quando o torpedo partia em direção ao inimigo.

 

 Drone de 1917
Drone de 1917

 

Se analisarmos como os drones (zangões) voadores se comportam hoje, carregando inclusive armas, guiados por GPS, vemos quanto evoluímos em termos de tecnologia em menos de um século.

 

Artigos Relacionados


Propor
O homem prope , mas Deus dispe. (Homo proponit, sed Deus disponti.)
Thomaz A Kempis (1379 1471) - Ver mais frases

Instituto Newton C Braga - 2014 - Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site
Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)