LEDs Estroboscópicos (NE233)

Escrito por Newton C Braga

Este interessante circuito pode ser usado para produzir efeitos estroboscópicos ou ainda para medir a velocidade de rotação de motores ou peças circulares substituindo-se R1 por um potenciômetro de 1 M ? em série com um resistor de 10 k?. O capacitor C1 pode ter valores na faixa de 100 nF a 10 µF. O valor colocado no circuito dá uma taxa de piscadas elevada que visualmente não pode ser observada, mas na simulação permite ver que os LEDs piscam. A alimentação é feita com tensão de 6 V a 12 V e o transistor deve ser dotado de radiador de calor. Recomenda-se o uso de LEDs brancos de alto-brilho. Transistores equivalentes ao BD135 como o TIP31 e mesmo Darlingtons podem ser usados para uma saída de maior potência. A quantidade de LEDs depende apenas da soma total de suas correntes que deve ser menor que 500 mA para o BD135. Clique na chave de simulação I/O para ver os LEDs piscarem.

 

 LEDs Estroboscópicos
LEDs Estroboscópicos

 

Arquivos para download: Simulação e Netlist