Injeção eletrônica (ART844e)

Escrito por Newton C. Braga

Originalmente o circuito da figura 5 é indicado pela National para o controle de um sistema de injeção eletrônica de automóveis.

 

 


 

 

Os pulsos de controle aplicados ao pino 1 disparam o solenóide do sistema injetor (L1) por um tempo determinado pela constante de tempo Rt/Ct.

A corrente deste circuito é da ordem de 2 ampères na saída e a configuração pode ser aproveitada para se controlar outros tipos de dispositivos. A configuração pode ser aproveitadas em mecanismos que devam fazer a injeção de tintas, substâncias químicas, etc. por tempos controlados a partir de comandos digitais.

A entrada do circuito é compatível com lógica TTL.