O Site do Hardware Livre - OSHW

Lembrete para cintos de segurança (ART415)

Se você não se lembra de colocar o cinto de segurança quando entra em seu carro, quer seja por falta de costume ou mesmo por desleixo, por que não colocar no seu carro um lembrete eletrônico? Nas localidades em que o uso é obrigatório e que a falta do cinto com o carro em movimento pode resultar em pesada multa um dispositivo como o que descrevemos deixa de ser simples acessório para se tornar obrigatório.

Na cidade de São Paulo a prefeitura promugou uma lei que pune severamente os motoristas que trafegam com seus veículos sem usar o cinto de segurança.

É claro que, muitos não habituados a usar este acessório, esquecem de colocá-lo e a multa pode ser uma forma de lembrar nada agradável.

Para os que não desejam ter problemas e que realmente acreditam que a formação do hábito de usar o cinto é antes uma questão de bom senso e segurança e que deveria ser decidida por cada cidadão e não por terceiros, descrevemos neste artigo um interessante lembrete eletrônico para o carro.

Trata-se de um dispositivo de alerta bastante simples e que em muitos veículos estrangeiros, onde o uso do cinto é levado mais a sério, existe até em forma mais sofisticada.

Quando o motorista dá a partida no carro, por alguns segundos pisca no painel uma luz e ao mesmo tempo é emitida uma sequência de bips. Sob a luz do painel existe um aviso que diz "CINTO".

O sistema é acoplado à chave de partida de modo que se torna impossível colocar o carro em movimento sem receber o alerta.

 

Sugestões de instalação do carro.
Sugestões de instalação do carro.

 

Para os leitores que desejarem aperfeiçoar o sistema pode ser acrescentado um sistema lógico acoplado ao próprio cinto de segurança, conforme mostra a figura 2.

 

Sistema lógico que inibe o circuito se o cinto for colocado.
Sistema lógico que inibe o circuito se o cinto for colocado.

 

Este sistema consiste num reed-switch e num imã de tal forma colocados que, somente se o cinto de segurança estiver colocado é que o circuito não dispara.

Ligado ao alarme do carro ele logo firmará no motorista o hábito de usar o cinto.

Mas, como também usar o sistema com os passageiros, já que nada impede que o veículo trafegue apenas com o motorista e os demais cintos permaneçam abertos?

Uma sugestão de aperfeiçoamento que pode ser criada pelos leitores mais habilidosos consiste em se colocar no assento um sensor do tipo esponja condutora que é acionado pelo peso.

Desta forma, se houver peso num acento (indicando a presença de um passageiro), mas o cinto correspondente não estiver travado, o sistema de alarme tocará quando a partida do carro for acionada.

Nosso caso, evidentemente, está na versão mais simples, apenas de alerta, pois além de fácil de instalar, não exige o emprego de componentes especiais.

 

CARACTERÍSTICAS

 

  • Tensão de alimentação: 12 V
  • Consumo desligado: 0,5 mA (tip)
  • Consumo ativado: 100 mA (depende da lâmpada)

 

 

 

COMO FUNCIONA

Existem diversas opções possíveis para se obter o disparo do sistema quando o veiculo dá a partida.

A primeira e mais simples consiste em se ligar um monoestável na chave de partida de modo que ele seja disparado sempre que ela for acionada.

Em outras palavras, o monoestável é disparado pelo pulso gerado apenas no momento da partida.

Outra maneira de se ativar o sistema de aviso é aproveitando a luz indicadora da pressão do óleo. Esta luz é acionada por um sensor de pressão no circuito hidráulico do óleo e ela acende tanto na ausência de pressão do óleo como quando o nível desse óleo está muito baixo.

É por este motivo, que quando damos a partida no carro a luz da pressão do óleo acende por uns segundos e logo que o motor "pega" ela apaga.

Estes segundos em que a lâmpada acende pode ser usado para acionar o aviso de "CINTO" com um circuito bem simples.

No nosso caso usamos então um único circuito integrado 4093 formando dois osciladores, sendo um de baixa frequência para gerar a intermitência e outro de alta frequência para gerar o tom de áudio.

Estes dois osciladores são ativados quando a luz do painel que indica a pressão de óleo for acesa.

Neste circuito pode ser usada uma lâmpada mais potente e as frequências dos dois osciladores podem ser modificadas numa ampla faixa de valores tanto por C2 como por C3 e também pelos resistores R2 e R3.

Os sinais dos dois osciladores são combinados na porta restante do circuito integrado de modo a excitar um pequeno transdutor piezoelétrico.

Tão logo a pressão do óleo se estabelece e a luz do painel apaga, o circuito deixa de emitir seus bips.

O interessante desta versão é que ela também serve como um alarme para a pressão do óleo, pois vai disparar se algum problema ocorrer com o nível do óleo ou mesmo com o circuito hidráulico que o controla.

 

MONTAGEM

Começamos por dar o diagrama completo do aparelho na figura 3.

 

Diagrama completo do lembrete para cinto de segurança.
Diagrama completo do lembrete para cinto de segurança.

]

A disposição dos componentes desta versão numa placa de circuito impresso é mostrada na figura 4.

 

placa de circuito impresso do lembrete.
placa de circuito impresso do lembrete.

 

Os resistores são todos de 1/8W ou maiores com 5% ou mais de tolerância e os capacitores podem ser cerâmicos ou de poliéster para os tipos menores de 1 µF. Para C1 usamos um eletrolítico de 16V ou mais.

O transdutor piezoelétrico é um "buzzer" sem oscilador ou mesmo um tweeter piezoelétrico comum do qual tenha sido retirado o transformador interno e ligada diretamente a cerâmica.

Para maior segurança sugerimos que o circuito integrado seja instalado em soquete. A placa de circuito impresso do aparelho cabe facilmente numa caixinha plástica fixada em qualquer lugar sob o painel do carro.

A lâmpada é opcional e em seu lugar também pode ser usado um LED jumbo em série com um resistor de 470 ? a 1 k ?.

O fusível é importante para proteger o circuito. Use um de 250 mA para a versão com LED e de 500 mA para a versão com lâmpada.

 

INSTALAÇÃO

Na figura 5 mostramos como fazer a instalação num carro do aparelho usando como elemento de disparo o interruptor da bomba de óleo.

 

Instalação no carro.
Instalação no carro.

 

Temos então três pontos de ligação para o aparelho:

O ponto A deve ser ligado a qualquer lugar da instalação elétrica em que se disponha da tensão de 12V.

O ponto T é ligado ao terra, ou seja, qualquer ponto do chassi do carro.

Finalmente, o ponto X é ligado no fio que vai a lâmpada indicadora da pressão do óleo no painel do carro.

Todas as ligações devem ser bem isoladas para que a instalação elétrica do carro não venha ter panes ou sofrer curto-circuitos perigosos.

Na condição em que o carro está desligado o circuito permanece alimentado, mas seu consumo é extremamente baixo não comprometendo de modo algum a bateria.

Se o circuito tender a disparos erráticos por transientes gerados na instalação elétrica do carro, ligue em paralelo com R1 um capacitor de 100 nF a 1 µF. O valor deve ser obtido experimentalmente no sentido de eliminar ou minimizar o problema.

Depois de instalar o aparelho é só experimentá-lo.

Se quiser aumentar o tempo de disparo do aviso, mantendo-o ativado por alguns segundos mesmo depois que a luz da pressão do óleo se apaga, agregue ao projeto um resistor, um capacitor e um diodo conforme mostra a figura 6.

 

Circuito prolongador do tempo de acionamento.
Circuito prolongador do tempo de acionamento.

 

O valor do resistor, que pode ficar entre 22 k ? e 1 M ? vai determina por quanto tempo o bip será produzido, mesmo depois de apagada a luz da pressão do óleo no painel.

Quando o leitor se acostumar a usar sempre o cinto de segurança recomendamos desinstalar o aparelho, pois o bip-bip de alerta pode se tornar bastante "chato".

 

Semicondutores:

CI-1 - 4093B - circuito integrado CMOS


Resistores: (1/8W, 5%)

R1 - 47k ?

R2 - 22 k ?

R3 - 4,7 M ?

R4 - 470 k ?


Capacitores:

C1 - 1 000 µF x 16V - eletrolítico

C2 - 47 nF - cerâmico ou poliéster

C3 - 470 nF - cerâmico ou poliéster


Diversos:

X1 - Lâmpada de 12V de 100 a 200 mA - ver texto - ou LED

F1 - 250 mA ou 500 mA - fusível

BZ - Transdutor piezoelétrico de cerâmica - ver texto

Placa de circuito impresso, soquete para o circuito integrado, caixa para montagem, suporte de fusível, fios, solda, etc.

 

BUSCAR DATASHEET


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Opinião

Mês de Muito Trabalho (OP197)

   Estamos em setembro de 2018 e continuamos com nosso trabalho, realizando palestras, viagens, escrevendo artigos, livros e muito mais. Em nossas duas últimas palestras, uma na Uninove e a outra na ETEC Albert Einstein, ambas de São Paulo, pudemos constatar de forma bastante acentuada um fato importante , que constantemente salientamos em nosso site desde seu início. 

Leia mais...

Velhice
A velhice é prêmio para uns e castigo para ouros.
Marques de Maricá (1773 - 1848) - Máximas - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)