Booster Automotivo (ART293)
O Site do Hardware Livre - OSHW

Booster Automotivo (ART293)

O reforço do som do carro ou mesmo de aparelhos antigos que tenham apenas uns poucos watts de saída pode se feito facilmente com módulos amplificadores de baixo custo e boa potência. O circuito apresentado, que tem por base o circuito integrado TDA2002 ou uPC2002 se caracteriza pela simplicidade e excelente rendimento.

 

 

O circuito integrado TDA2002 ou uPC2002 que equipa diversos tipos de equipamentos de som automotivo pode ser usado na construção de módulos de reforço ou boosters de bom rendimento. de fato, cada um pode fornecer perto de 8 watts rms que significam aproximadamente 30 W PMPO. Com dois módulos ou quatro módulos acoplados a quatro sistemas de alto-falantes separados é possível obter 60 ou 120 watts de bom som para o carro, mesmo a partir de toca-fitas ou rádios FM "fracos".

O circuito é simples de montar e os únicos cuidados recomendados são com as trilhas grossas e fios de alimentação que devem conduzir correntes elevadas.

 

COMO FUNCIONA

Os módulos amplificadores podem ser excitados diretamente pelas saídas para os alto-falantes originais do carro o que significa que basta apenas agregar módulos e novos alto-falantes sem mexer na instalação original do veículo.

Assim, com uma resistência de carga opcional (R1) que deve ser colocada apenas para o caso dos alto-falantes originais serem retirados de modo a evitar distorções, o circuito tem um controle separado de volume feito por P1. este controle também pode ser fixado num ponto ideal passando o controle a ser feito apenas pelo som original do carro.

O ganho do circuito é determinado pela relação de valores entre R2 e R3 enquanto que C6 e R4 mantém a impedância de saída constante em toda a faixa reproduzida.

Os alto-falantes ligados na saída podem ser de 2 ou 4 ohms e os capacitores C3 e C4, que devem ser montados os mais próximos possíveis do circuito integrado servem de desacoplamento de fonte.

O fusível é muito importante dada a corrente elevada do circuito que pode causar danos sérios e até fogo se houver algum curto acidental.

 

 

MONTAGEM

Na figura 1 temos o diagrama completo do Booster de Áudio, sendo mostrado apenas um canal. Devem ser montados pelo menos dois canais como este para um sistema estéreo.

 

Amplificador de 32 WPMPO
Amplificador de 32 WPMPO para o carro (um canal).

 

A disposição dos componentes numa placa de circuito impresso é mostrada na figura 2.

 

Placa do amplificador

 

O circuito integrado TDA2002 ou equivalente deve ser montado num bom radiador de calor já que tende a se aquecer bastante com o funcionamento à plena potência.

As trilhas de maior corrente da placa de circuito impresso devem ser mantidas grossas.

Os capacitores eletrolíticos devem ter sua polaridade observada e os fios de conexão aos alto-falantes devem ser do tipo grosso polarizado.

O conjunto cabe facilmente numa pequena caixa que deve ser protegida contra o tempo se ficar sob o capô ou mesmo sob o painel. Uma caixa maior será necessária se forem montadas duas unidades para um sistema estéreo.

Uma sugestão interessante consiste em se agregar um filtro de graves na entrada do circuito de modo a se obter um booster de graves alimentando assim um alto-falante super-pesado.

 

INSTALAÇÃO E USO

Para instalar ligue o positivo do circuito a qualquer ponto da fiação em que seja possível obter os 12 ou 13,2 V do carro com boa corrente. Dê preferência aos cabos mais grossos perto da bateria para a retirada da corrente de alimentação.

O terra pode ser feito em qualquer ponto do chassi sendo usado fio grosso e curto para esta finalidade. Um fio fino pode provocar realimentações e instabilidade que causarão fortes distorções no som reproduzido.

As entradas A e B serão ligadas as saídas do amplificador ou rádio já existente. Observe a polaridade já que o B (terra) do circuito deve coincidir com o terra da saída. Se houver inversão pode haver a queima do circuito que serve como fonte de sinal.

Feita a instalação coloque o equipamento em seu volume médio e ajuste P1 para ter o reforço desejado sem distorção. depois é só ajustar no próprio som original o volume.

 


 

LISTA DE MATERIAL

Semicondutores:

CI-1 - TDA2002 ou uPC2002 - circuito integrado, amplificador de áudio

 

Resistores: (1/4W, 5%)

R1 - 47 ohms x 5 watts - fio

R2 - 220 ohms

R3 - 2,2 ohms

R4 - 1 ohm

P1 - 10 k ohms - potenciômetro ou trimpot


Capacitores:

C1 - 10 uF/16 V - eletrolítico

C2, C4 - 470 uF/16 V - eletrolítico

C3, C6 - 100 nF - cerâmico ou poliéster

C5 - 1 000 uF/16 V - eletrolítico (2 200 uF/16 V se o aparelho for usado como reforçador de graves)


Diversos:

FTE - 2 ou 4 ohms x 20 W - alto-falante de qualquer tamanho

F1 - 5 A - fusível

Placa de circuito impresso, radiador de calor para o circuito integrado, botão para o potenciômetro, caixa para montagem, bornes de entrada e saída, fios, solda, suporte para fusível, etc.

Artigos Relacionados

BUSCAR DATASHEET


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Opinião

Fim de Férias (OP184)

Para os leitores que estudam ou ensinam e que nos acompanham, agosto marca o término das férias de meio ano. Também para os leitores que trabalham com eletrônica, o mês de agosto também encerra a temporada em que viajam com a família e os filhos justamente devido as férias.

Leia mais...

Profissão Política
Eu achava que a política era a segunda profissão mais antiga. Hoje vejo que ela se parece muito com a primeira..
Ronald Reagan - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)