NOSSAS REDES SOCIAIS -

Luz de Cortesia Inteligente (ART1968)

Quando as portas de um veículo são fechadas, automaticamente a luz interna apaga. Isso ocorre normalmente, antes que os passageiros tenham tempo de se acomodar. É interessante que depois de fechadas as portas, por alguns segundos ainda as luzes internas se mantenham acesas, para depois apagarem automaticamente. Isso pode ser conseguido com o circuito que descrevemos.

Obs. Este artigo é de 1993. Os carros modernos têm normalmente este recurso.

A temporização neste circuito pode ser ajustada entre alguns segundos e até perto de 2 minutos, via P1. O circuito não usa relé e é fácil de adaptar em qualquer carro.

 

Funcionamento

Na figura 1 temos o diagrama completo da luz de cortesia temporizada.

 

  Figura 1 – Diagrama da luz de cortesia temporizada
Figura 1 – Diagrama da luz de cortesia temporizada

 

Quando qualquer dos interruptores das portas for fechado, a lâmpada do teto acende e o transistor Q1, que estava saturado, mas com baixo consumo, vai ao corte.

No momento em que a porta é fechada, o transistor volta à saturação, e com isso C, aplica um pulso negativo na entrada do monoestável 555, que dispara.

Com o disparo do monoestável o transistor de efeito de campo satura, mantendo acesa a lâmpada. O tempo em que ele se mantém saturado é o tempo do monoestável, dado por C2 e pelo ajuste de P1.

No final da tem polarização o transistor Q1 satura novamente e se mantém em espera. Na condição de espera a corrente que circula é bastante pequena, determinada pelo resistor de 47 k ohms, não comprometendo a bateria.

 

Montagem

Na figura 2 temos a disposição dos componentes num pequena placa de circuito impresso.

 

Figura 2 – Placa para a montagem
Figura 2 – Placa para a montagem

 

O transistor de efeito de campo de potência deve ser dotado de radiador de calor. Qualquer equivalente com corrente de dreno superior a 2 A pode ser usado.

Na verdade, pode também ser usado um Darlington comum com uma pequena queda de tensão entre coletor e emissor.

 

Instalação e Uso

Na figura 3 temos o modo de se fazer a instalação do aparelho no carro, aproveitando como fonte de alimentação sua bateria e os interruptores das portas para acionamento.

 

   Figura 3 – Instalação do sistema
Figura 3 – Instalação do sistema

 

O aparelho ficará numa caixa plástica bem fechada de modo a não receber a ação do tempo. Feita a instalação e a prova de funcionamento, ajuste P1 para o tempo que julgar necessário.

 

Semicondutores:

Cl1 - 555 - circuito integrado

Q1 - BC548 ou equivalente -transistor NPN de uso geral

Q2 - lRF640, IRF630 ou equivalente FET de potência (ver texto).

 

Resistores (1/8 W, 5%):

R1 - 100 k ohms

R2 - 47 k ohms

R3 - 22 k ohms

R4, R5 - 10 k ohms

R6 - 1 M ohms

P1 - trimpot de 1 M ohms

 

Capacitores:

C1 - 10 uF - eletrolítico de 16 V

C2, C3 - 100 uF - eletrolítico de 16 V

 

Diversos:

F1 - Fusível de 250 mA

Placa de circuito impresso, soquete para o integrado, caixa para montagem, radiador de calor para Q2, fios, solda etc.

 

BUSCAR DATASHEET

 


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

 

Opinião

Mais novidades para 2020

Começamos o ano com força total. Além de novos artigos todos os dias no site, temos muitas novidades para aqueles que nos acompanham. Vídeos e podcasts com assuntos relevantes que podem ensinar muito sobre eletrônica e levar novidades aos makers, professores e inovadores que estão a procura de ideias temos dois livros para vocês.

 

Leia mais...

Homem
O homem é uma fera domesticada por ela prípria.
(Lhommer est une bête féroce par elle-même apprivoisée.) Pierre Reverdy (1889 1960) O Livro do meu Bordo - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)