Observando Órion (AST010)

Escrito por Newton C Braga

Uma das mais belas constelações do hemisfério sul, Órion, é bem visível no inverno no hemisério sul.

 


 

 

Tendo por asterismo mais conhecido como as “Três Marias", esta constelação possui diversos objetos de grande interesse para o observador que possua uma luneta, um binóculo ou mesmo um pequeno telescópio.

Destacamos a nebulosa do Órion, conhecida por M42 ou gn1976 que pode ser vista até à vista desarmada, como uma manchinha brilhante abaixo das Três Marias. Esta nebulosa consiste numa gigantesca nuvem de gases que mesmo hoje estão dando origem a novas estrelas.

Trata-se, portanto, de uma verdadeira ”incubadora" de estrelas com massa maior do que a de 300.000.000 de terras! Esta nebulosa se encontra 1 000 anos luz da terra!