O Site do Hardware Livre - OSHW

Diodos - Como Testar (ALM298)

A prova de diodos semicondutores, tanto do tipo retificador como de uso geral é muito simples. Utiliza-se para essa finalidade um multímetro comum ou um provador de continuidade.

Parte-se do próprio comportamento elétrico de um diodo em boas condições para a avaliação de seu estado. Conforme sabemos, os diodos semicondutores caracterizam-se por:

a) apresentar uma baixa resistência à circulação da corrente quando polarizados no sentido direto.

b) Apresentar uma elevada resistência (ou infinita) à circulação da corrente quando polarizados no sentido inverso, conforme mostra a figura abaixo.

 


 

 

Para os diodos comuns usados em eletrônica, a resistência no sentido direto varia entre algumas dezenas de Ω e alguns milhares de Ω, enquanto que a resistência no sentido inverso vara entre algumas centenas de milhares de Ω a vários megohms.

 

Prova com o Multímetro

Pode ser usado qualquer multímetro comum na escala de resistências intermediária ou mais alta (x 100 ou x1k), para a prova de diodos retificadores e de sinal. O procedimento é o seguinte:

a) Encoste uma ponta de prova do multímetro em cada um dos terminais do diodo e anote a resistência medida.

b) Repita a operação invertendo as posições das pontas de prova, ou seja, encosta-se a ponta vermelha no terminal em que antes estava a ponta preta. Anota-se a resistência medida.

c) Numa das medidas deve-se ler uma alta resistência e na outra uma baixa resistência. A ordem de leitura não importa.

Para diodos retificadores de silício comuns, a resistência no sentido direto, ou seja, a baixa resistência, deverá estar entre 500 Ω e 3 000 Ω, conforma tensão que o multímetro usa para a prova. A resistência anotada no sentido inverso deverá estar entre 5 M Ω e 100 M Ω, conforme o diodo. Veja a figura abaixo.

 


 

 

Para diodos de sinal, as resistências no sentido direto, ou seja, a baixa resistência, deve estar entre 1 k e 10 k Ω, enquanto que a resistência no sentido inverso, deve estar entre 2 M e 100 M.

 

Prova de Continuidade

A prova de continuidade de diodos pode ser feita com qualquer provador de continuidade ou com o circuito simples mostrado na figura abaixo.

 


 

 

 

Da mesma forma que no caso do multímetro, um diodo em bom estado conduz a corrente e faz acender o LED na polarização direta, e não conduz mantendo o LED apagado na polarização inversa.

 

Defeitos

* Se a resistência for baixa nas duas provas, isso significa que o diodo está em curto.

* Se a resistência for alta nas duas provas, isso significa que o diodo está aberto.

* Uma resistência entre 50 k e 1 M na prova inversa, indica um diodo com fugas.

 

Essas provas também permitem fazer a identificação dos terminais de um diodo sem marcações.

 

 

 

Ver também

* Selênio

* Silício

* Zener (diodos zener)

* Varicap

* LEDs

* Schottky

* Multímetro

 

 

BUSCAR DATASHEET


N° do componente 

(Como usar este quadro de busca)

Opinião

Eventos, Viagens e Muito Mais (OP196)

Iniciamos setembro com muitas novidades. No final de agosto tivemos dias 29 e 30 a IoT Latin America no Expo Center Transamérica em São Paulo – SP, onde ficamos no estande da Mouser atendendo nossos amigos e colaboradores. Tiramos muitas fotos e atendemos a muitos, recebendo de professores e outras pessoas convites para palestras.

Leia mais...

Orgulhoso
Não há nada pior do que viver orgulhoso de ser humilde. (No hay nada peor que vivir ogrulloso de ser humilde.)
Sofocleto (1926) - Sinlogismos - Ver mais frases


Instituto Newton C Braga
Entre em contato - Como Anunciar - Políticas do Site

Apoio Social
Lions Clube de Guarulhos Sul SOS Mater Amabilis
Advertise in Brazil
If your business is Electronics, components or devices, this site is the correct place to insert your advertisement (see more)